BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

Faltas de pacientes em unidades de saúde ainda são frequentes em Rio Negrinho

Rio Negrinho



Somente no primeiro semestre de 2019, 6.133 pessoas deixaram de comparecer às consultas.

O número de faltas nas consultas médicas de pacientes continuam frequentes em Rio Negrinho. Muitas pessoas marcam consultas e não aparecem no consultório no dia e hora marcados. Além de não aparecerem, também não desmarcam, o que prejudica e tira oportunidade de pacientes que realmente necessitam e dependem de espera.

Dados da Secretaria de Saúde de Rio Negrinho mostram 175 faltas só em setembro deste ano no bairro Industrial Norte. Até julho deste ano, são 6.133 faltas já registradas na Secretaria. Em 2018, foram 11.184 faltas no geral.

Os transportes de viagens para consultas e exames também contam com faltas. De acordo com os motoristas da Saúde Hellington José Tureck e Emerson da Silva, têm pessoas que agendam e não aparecem. "Entre 20 a 25% dos que marcam não comparecem nas viagens", conta Tureck. Além disso, muitos também não retiram os exames feitos, que são buscados pelos motoristas nas cidades onde foram realizados os procedimentos. O resultado são enormes pilhas de exames não retirados na Secretaria.

Todas as unidades de saúde em Rio Negrinho contam com um atendimento acolhedor ao paciente. "Qualquer pessoa que chegar dentro do horário de atendimento agendado, será atendido", informa Maria de Fátima Mendes Afonso, secretária da Saúde.