BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

Espaço das antigas ETE compactas será transformado em áreas para a comunidade



São Bento do Sul

Após a conclusão das transposições das Estações de Tratamento de Esgoto compactas (ETE Compacta) do Parque Sueli e do Alpestre para a ETE Cruzeiro, com investimentos superiores a R$ 1,7 milhões de recursos próprios do Samae, o presidente da autarquia, Fridolino Van Den Boom, disse que "esta foi uma missão encampada ainda em 2017 e que agora é comemorada pela população".

O prefeito Magno Bollmann, que esteve com Fridolino e também com o secretário de Planejamento e Urbanismo e de Obras Luiz Claudio Schuves em visita a antiga estação compacta do Alpestre, comentou sobre esta importante obra executada pelo Samae. "Quando este residencial foi construído o projeto inicial não contemplava a rede coletora e de tratamento de esgoto. Todas as casas teriam fossa, filtro e sumidouro. Isto era totalmente inviável aqui, ainda mais com esse solo de cascalho. Fatalmente teríamos sumidouros vertendo pelo chão, o que causaria sérios danos à saúde das pessoas. Foi então que brigamos para que a rede de esgoto fosse implantada, e foi com uma estação compacta de tratamento de esgoto, que era o que havia de mais moderno e viável na época para atender a população. Mas sabemos que os odores da estação de tratamento estavam prejudicando os moradores e por isso desde quando assumimos a administração nos preocupamos em solucionar este problema, que agora não existe mais e nem mais no Parque Sueli. É um momento para comemorarmos", disse o prefeito.

Fridolino comentou que a ação foi muito bem recebida pela população. "É realmente gratificante vermos o resultado de uma obra sendo manifestado pelos moradores. Logo quando iniciamos a retirada dos tanques aqui da estação compacta do Alpestre, ao acompanhar a operação de retirada, moradores aplaudiam e nos cumprimentavam. Foram alguns anos convivendo com o odor da estação de tratamento de esgoto, que agora não existe mais para o bem-estar de todos", disse.

Mas as ações ainda não foram concluídas.

No Parque Sueli a área da antiga estação compacta de tratamento de esgoto está sendo avaliada, pois o Samae ainda está planejando como utilizar a área, seja para uso da comunidade ou para implantação de área verde.

Já no Alpestre, a área deverá ser transformada em um espaço para a comunidade, possivelmente com a implantação de uma horta comunitária ou até mesmo um campo de futebol para as crianças. "São várias ideias e estamos verificando o que implantar aqui. O que temos certeza é de que será algo para a comunidade usufruir", concluiu Fridolino.