BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

Entenda quais são as reações mais comuns das vacinas contra Covid-19



Nacional

Segundo a pediatra Flávia Bravo, diretora da SBIm (Sociedade Brasileira de Imunizações) “A vacina desperta o nosso sistema imune, as células inflamatórias, citocinas e outras substâncias que fazem parte da resposta imune e da resposta inflamatória, que se traduzem em sintomas como dor, inchaço e vermelhidão, reações que nem todas as pessoas apresentam porque é uma resposta individual”.

De acordo com a especialista, as reações da vacina AstraZeneca e CoronaVac são mais comuns com a aplicação da primeira dose, já a vacina da Pfizer não tem informações neste sentido.

“É importante a população entender que o evento adverso mais intenso, leve ou moderado já é o esperado, não é preciso ter medo da segunda dose da vacina. O que está acontecendo agora, é que os adultos não estão acostumados a tomar vacina, então qualquer sintoma ficam muito preocupados”, explica.

De um modo geral, estas reações aparecem pouco depois da vacinação e se resolvem entre 24 e 48 horas.

Quando procurar um médico? A orientação do Ministério da Saúde é de que um médico deve ser consultado se a sensação se prolongar por mais de quatro dias, a dor for muito intensa ou de difícil controle.

Além disto, o profissional de saúde também deve ser procurado se a pessoa imunizada apresentar dor abdominal persistente, inchaço nos membros inferiores e manchas vermelhas na pele longe do local de aplicação.

“É preciso notificar. É importante ficar atento aos sintomas que fogem da curva, que são mais sérios e persistentes por muito tempo, são sinais de que [a reação] não está dentro do esperado. [Mas essas reações] têm tratamento. Se a pessoa vigia os sintomas, faz a notificação e é acompanhada”, afirma a especialista

Reações mais comuns da CoronaVac Dor de cabeça, cansaço, dor no local da aplicação, enjoo, diarreia, dor muscular, dor ao engolir, calafrios, perda de apetite, tosse, dor nas articulações, coceira, coriza e congestão nasal, vermelhidão, inchaço, coceira no local da aplicação.

Reações mais comuns da AstraZeneca Sensibilidade, dor, sensação de calor, vermelhidão, coceira, inchaço ou hematomas no local da aplicação, sensação de indisposição de forma geral, sensação de cansaço, calafrio ou sensação febril, dor de cabeça, enjoos, dor nas articulações ou dor muscular, febre acima de 38 °C, dor de garganta, coriza, tosse, calafrios

Reações mais comuns da Pfizer Dor e inchaço no local de injeção, cansaço, dor de cabeça, diarreia, dor muscular, dor nas articulações, calafrios, febre, vermelhidão no local de injeção, náusea e vômito.

Fonte: ND