BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

Em nota PT justifica voto em favor de Carlos Moisés



Estado


Após o deputado Fabiano da Luz - PT, ter votado a favor do governado Carlos Moisés (sem partido), e que resultou no arquivamento do impeachment. E para isso o partido emitiu uma nota oficial:



Nota - Partido dos Trabalhadores

O voto do deputado estadual Fabiano da Luz pelo arquivamento do processo do impeachment do governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva, no Tribunal Especial de Julgamento, foi construído democraticamente com a direção executiva do Partido dos Trabalhadores e com a Bancada do PT na Assembleia Legislativa (Alesc).


O posicionamento teve como base princípios sempre defendidos pelo partido e pautados pela defesa da democracia e do estado de direito. O Partido dos Trabalhadores entende que não é possível rasgar a Constituição e criminalizar a política sem que haja qualquer prova. Entretanto, preconiza que o episódio da compra dos respiradores pulmonares seja rigorosamente apurado na forma da lei e os culpados punidos.


O PT já foi vítima de uma profunda agressão com o golpe que se constituiu em 2016 e que resultou no impeachment da presidenta Dilma Roussef e jamais será algoz de ações que rasguem a Constituição, que maculem o estado de direito ou que inviabilizem a democracia, que é um valor universal, sobretudo neste grave momento em que o Brasil vive, com lampejos visíveis de autoritarismo.


Por estas razões e porque até o momento não há provas das digitais do governador no episódio e nem a sua omissão, a posição do PT é pelo arquivamento.


Fabiano da Luz - líder da Bancada do PT na Alesc

Décio Lima - presidente do PT/SC