BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

EDUCAÇÃO: Um mês de muito trabalho para o início do ano letivo



São Bento do Sul

Em apenas um mês, diversas atividades foram desenvolvidas pela Secretaria de Educação de São Bento do Sul. Além dos preparativos para a volta às aulas, neste ano devido à pandemia, diversas questões relacionadas à segurança de alunos, professores e demais funcionários das unidades tiveram que ser levadas em conta.


Para o secretário Josias Terres, foram 30 dias de trabalho ininterrupto para garantir que o setor pudesse estar pronto para retomada das atividades, especialmente porque neste primeiro momento o ensino segue no modelo híbrido para alguns anos, e no modo remoto para outros. “Tivemos que nos adaptar a essa nova realidade”, disse.


O secretário conta que diversas reuniões vêm sendo realizadas desde o início do ano para alinhar a forma de trabalho entre os setores de departamentos da pasta. Também houve um trabalho de organização da estrutura da Secretaria, valorizando servidores de carreira.

Na lista de ações do primeiro mês também constam reuniões com diretores das unidades educacionais de São Bento do Sul para organizar a volta às aulas, a partir do dia 18 deste mês. Equipes de coordenação pedagógica também participaram de encontros, assim como especialistas educacionais.


Josias ainda explica que a definição do calendário escolar teve aprovação do Conselho Municipal de Educação, onde também foram tratados temas como o retorno escalonado das atividades presenciais dos alunos da rede municipal. “Seguindo os procedimentos que o momento exige”, disse, referindo-se à pandemia.


O secretário ainda comenta que os pais serão chamados para conversar com a direção das escolas onde os filhos estão matriculados para que possam conhecer melhor o modelo híbrido de ensino a ser adotado neste início de ano para algumas séries. Josias explica que nestes primeiros dias de 2021 foram reorganizados os cadastros para a educação infantil (creches), e feitos estudos sobre como vai funcionar o transporte escolar, assim como levantamento dos profissionais que estão no grupo de risco da Covid-19.


Além da atenção às escolas e todos os servidores envolvidos na pasta, o secretário cita que boa parte do trabalho foi dedicada à proposta a ser apresentada de reforma administrativa para o setor educacional de São Bento do Sul. No projeto consta a modificação de cargos comissionados por funções gratificadas, a fim de valorizar o servidor e garantir economia de recursos públicos. Outro projeto em análise é o que trata da adequação da lei para contratação de professores Admitidos em Caráter Temporário (ACT).


Tecnologia - Josias cita toda a atenção que vem sendo dada na parte tecnológica, pois muitas aulas vão ser ministradas via remota. Para isso, a plataforma G-Suite foi implantada, com e-mails sendo criados para todas as escolas, professores e alunos da rede municipal. Também vem sendo desenvolvida uma plataforma pela própria equipe de tecnologia da Secretaria de Educação, com acesso direto aos conteúdos e vídeo-aulas a serem elaboradas pelos professores.


Devido a este novo momento do setor educacional, o secretário pretende reestruturar o Departamento de Tecnologia da Informação da secretaria, especialmente criando mecanismos para melhorar a gestão da pasta por meio de painéis reunindo informações das escolas e dos próprios alunos.


Ainda na pauta da Secretaria de Educação neste início de ano está a preocupação com os alunos que ao longo de 2020 sentiram dificuldades com o aprendizado. Josias explica que será feito um trabalho de recuperação de conteúdo, assim como um projeto de aceleração de estudos para a Escola de Jovens e Adultos (EMEJA).


Diversos outros pontos internos de adequação e melhorias de processos e serviços estão na lista da Secretaria de Educação. De acordo com o secretário, alguns já estão em fase de implantação e outros para serem desenvolvidos ao longo dos próximos meses.


Viviane de Vargas Miranda

Assessoria de Comunicação Prefeitura de São Bento do Sul