• Vilmar Bueno, o ESPETO

Coronovírus - Consultas canceladas e receitas com validade prorrogada são definidos



São Bento do Sul

Na última sexta-feira o secretário municipal de Saúde Manuel Rodrigues Del Olmo, juntamente com toda a equipe técnica da Secretaria Municipal de Saúde; Renato Figueiredo, diretor do Hospital e Maternidade Sagrada Família, além de equipe técnica do próprio hospital estiveram reunidos para discutir possíveis mudanças no atendimento à saúde em razão do risco de epidemia do coronavírus no município.

A preocupação inicial é quanto ao aumento da procura por atendimento devido a possibilidade de muitos casos da doença e, na proteção aos profissionais da saúde que atenderão a população.

Durante a reunião foi formado o comitê que frequentemente irá reunir-se para discutir ações e acompanhar a evolução dos casos da doença no município, que até o momento não conta com nenhum caso confirmado.

Mudanças no atendimento

Mudanças no atendimento à população também estão sendo definidas.

Na quarta-feira uma reunião com profissionais de saúde das unidades de saúde do município definirá novos procedimentos a serem adotados já para os próximos dias.

A população já sentirá as mudanças por questão de segurança em todas as unidades de saúde.

Consultas médicas agendadas serão desmarcadas por período ainda não determinado.

O objetivo é que somente pessoas com sintomas do coronavírus procurem as unidades de saúde.

As pessoas que não apresentam sintomas não devem correr risco de contágio ao procurar as unidades de saúde e manter contato com outras pessoas possivelmente contaminadas.

De início, o que já está em vigor são as instruções da Nota Técnica Conjunta nº 001/2020 - DIVS/SUB/SES/SC e CRF/SC, do Governo do Estado de Santa Catarina, secretaria de Estado da Saúde, Superintendência de Vigilância em Saúde e Sistema Único de Saúde.

No documento, merecem destaque:

Prescrições no âmbito do SUS - "Diante do exposto esta Diretoria adota, em caráter excepcional, como melhor medida ampliar o prazo de aceitação de prescrições para medicamentos de uso contínuo, no âmbito do Sistema Único de Saúde - SUS, de 06 (seis) para 12 (dose) meses".

Drogarias e Farmácias - "Esta aplicação de prazo de validade da prescrição cabe também às dispensações de medicamentos através do Programa Farmácia Popular realizada por Drogarias e Farmácias".

Medicamentos  sujeitos a controle especial - "Notificações de Receita e Receituários de Controle Especial permanecem seguindo os prazos de validade dispostos na Portaria Federal nº 344/98/MS e Portaria Federal nº 06/99/MS".

O objetivo com o maior prazo de aceitação das receitas é evitar que os pacientes retornem às unidades de saúde para renovar a receita neste período em que há a epidemia do coronavírus.

A orientação inclusive é que só compareçam ou só procurem atendimento médico casos de extrema necessidade ou todos aqueles que apresentem algum sintoma da doença.

Caso a receita médica do paciente esteja por vencer, esta estará automaticamente renovada por mais 6 meses, dispensando a necessidade de comparecimento à unidade de saúde para renovação ou troca de receita.

Como há a expectativa de casos no município, e os possíveis infectados estarão procurando atendimento médico, as pessoas que puderem evitar o risco de contágio ao frequentar as unidades de saúde ou hospital deverão fazê-lo.

O novo coronavírus é capaz de infectar humanos e pode ser transmitido de pessoa a pessoa por gotículas respiratórias, por meio de tosse ou espirro, pelo toque ou aperto de mão ou pelo contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido então de contato com a boca, nariz ou olhos, sendo que pacientes portadores de doenças crônicas podem ter consequências mais severas quando contraem o novo coronavírus.

Fique atento aos sintomas e em caso de suspeita procure imediatamente uma unidade de saúde:

Os principais sinais do novo coronavírus são febre, tosse, fadiga e dificuldade para respirar. Como a pessoa gripada pode apresentar o mesmo quadro é importante verificar o histórico de onde essa pessoa esteve nos últimos 15 dias antes de os sintomas surgirem.