BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

Comitê de Crise Covid-19 - Saúde realiza prestação de contas



São Bento do Sul

Na manhã desta quinta-feira (5) ocorreu mais uma reunião do Comitê de Crise Covid-19 de São Bento do Sul. Na oportunidade, diversos assuntos foram tratados, entre eles a Secretaria de Saúde realizou uma nova prestação de contas dos recursos aplicados e também números de atendimentos realizados pela saúde pública municipal.


A secretária de Saúde, Carmen Regina Binotto, iniciou a reunião e apresentou o número total de atendimentos realizados pelas Centrais de Covid da 1° de Maio e Serra Alta. Na Central 1° de maio, os atendimentos iniciaram em janeiro deste ano e somaram 18.394 pacientes atendidos. Em Serra Alta a unidade ESF-1 foi aberta exclusivamente para atendimentos contra Covid em abril e teve 7.639 atendimentos.


Com a redução do número de pessoas procurando as Centrais, a Central de Covid do bairro Serra Alta volta a atender normalmente como unidade de saúde para consultas diversas. Já a Central de Covid 1° de Maio teve horário definido para atendimento de segunda à sexta-feira, das 7h às 17 horas.

Carmen também apresentou o número total de recursos Covid repassados ao Hospital neste ano, sendo R$ 2.601.722,41 empenhados. Além disso, também foi mostrado os valores de recursos específicos Covid já recebidos, sendo R$ 12.353.749,29, deste valor já foram empenhados R$ 8.756.666,33 contando 2020 e 2021 e restando um saldo de R$ 3.597.082,96. Os gastos somam pagamentos de horas extras, compras de EPI’s, pagamentos de ambulâncias terceirizadas, exames, testes, entre outros investimentos.


O prefeito Antonio Tomazini parabenizou à Secretaria de Saúde e destacou que a transparência é fundamental. “A saúde não tem preço. Essa prestação de contas é essencial para mostrar à população que sempre estaremos atuando para melhor atendê-los”, disse.


Vacinação - Em seguida, a secretária de Saúde apresentou o número relativos à vacinação contra Covid-19 no município. São Bento conta com 41.306 pessoas maiores de 18 anos vacinadas com a primeira dose e 15.687 totalmente imunes contando com a segunda dose.

“Temos o total de 64.336 pessoas maiores de 18 anos para vacinar no município.


A meta do Ministério da Saúde segundo cronograma divulgado é imunizar toda a população acima dessa faixa etária até o fim de agosto. Porém, o próprio Ministério não está enviando doses suficientes ao Estado e o município também acaba sendo afetado, pois precisaríamos receber 4.852 doses por semana e estamos recebendo em média 1.800”, explicou Carmen.


Monitoramento - A médica Andrea Duvoisin trouxe os dados atualizados da Central de Monitoramento Covid-19 na cidade. Conforme dados apresentados por ela, houve uma queda significativa em relação ao número de pacientes notificados por monitoramento de síndrome gripal na faixa etária entre 20 e 60 anos, além da redução também de pacientes internados no município. “Isso se deve principalmente por conta da vacinação, que vem fazendo com que esses números reduzam cada vez mais, por isso é importante que todos tomem a segunda dose da vacina”, enfatizou Dra. Andrea.


Nova norma técnica de afastamento - A médica Sabrina Bollmann Garcia Schwingel explicou sobre a nova normativa de afastamento de pessoas com síndrome gripal. A pessoa sintomática deverá ficar 10 dias afastada após o primeiro dia de sintomas e em caso de complicações pulmonares poderá ficar até 20 dias afastada. Em relação aos contactantes não vacinados se mantém o período de 14 dias de afastamento. Porém, se o contactante já for totalmente vacinado ou contraiu o vírus nos últimos 90 dias, não será mais necessário ficar afastado. Além disso, o assintomático será monitorado diariamente, além de ter de fazer o teste RT-PCR no 1° dia e também entre o 5° e 7° dia. A nova norma já foi repassada a todas as indústrias e demais empresas e instituições do município.


Hospital - O diretor geral do Hospital, Oscar Fernandes, apresentou os dados atualizados do Sagrada Família. Os números apresentaram queda nos últimos dias, sendo 3 internamentos confirmados e 1 suspeito em leito de UTI por Covid-19. Os demais leitos são de pacientes com doenças diversas e, principalmente, pós-operatório. Na enfermaria estão 4 pacientes confirmados com Covid-19 e 22 com diferentes doenças, totalizando 26 leitos ocupados, dos 48 disponíveis.


Live Schlachtfest - O último assunto tratado da reunião foi a apresentação de como será a realização da Live Solidária da Schlachtfest, promovida pela Sociedade Ginástica e Desportiva São Bento. A diretora do Centro de Vigilância à Saúde, Silvana Bianco Bauer, explicou que a live será realizada no dia 4 de setembro, em local aberto no pátio da Igreja Matriz Puríssimo Coração de Maria, contando com um pequeno grupo de músicos da Banda Treml. De acordo com Silvana, a vigilância autorizou a realização do evento, que deverá seguir todos os protocolos e portarias relacionadas às medidas contra a Covid-19.