BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

Comerciantes pedem prorrogação e parcelamento de tributos municipais



São Bento do Sul A presidente do Legislativo Municipal, vereadora Carla Hofmann - PSD, recebeu nesta quarta-feira, alguns representantes proprietários de bares e restaurantes de São Bento do Sul, os quais solicitaram apoio quanto ao novo decreto estadual de combate ao Covid. Segundo as novas regras, esses comerciantes podem vender bebidas alcoólicas apenas até as 18 horas, mesmo podendo permanecer abertos até às 22 horas.


Segundo os comerciantes, isso está fazendo com que os clientes deixem de frequentar seus estabelecimentos, e a queda no movimento chega aos 70%. Carla explicou que por ser um decreto estadual, o município não tem como flexibilizar, “mas me comprometi a entrar em contato com nossos representantes no governo do Estado e na Alesc para tentar amenizar essa situação”, afirmou.

Ela também deu entrada em uma indicação a qual solicita que a prefeitura encaminhe um Projeto de Lei que prorrogue por 18 meses todos os débitos referentes aos tributos municipais de empresas locais consideradas pelos decretos municipais relativos à pandemia como não essenciais, e que esses mesmos débitos, após vencer o prazo de 18 meses, possam ser parcelados em até 24 meses. Segundo a vereadora, muitos estabelecimentos comerciais que precisam permanecer fechados aos finais de semana para reduzir a transmissão da Covid-19 estão sofrendo grandes prejuízos, e a prorrogação e parcelamento dos débitos municipais traria pelo menos um pouco de alívio a esses comerciantes.