BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

Combate ao Coronavírus: FECAM busca alinhamento junto a secretaria de Estado da Saúde



Estado

Na união dos trabalhos entre os municípios e o Estado no combate à pandemia do coronavírus, a Federação Catarinense de Municípios – FECAM esteve nesta terça-feira, 25, na secretaria de Estado da Saúde. O presidente da FECAM, prefeito de Rodeio, Paulo Roberto Weiss (Paulinho), participou de reunião na secretaria acompanhado da consultora em Saúde da FECAM, Maria Regina Soar para alinhar ações e encaminhar algumas solicitações ao secretário André Motta. “Queremos manter a aproximação entre os entes para que juntos possamos equilibrar as dificuldades sentidas em relação à saúde e à economia e assim atender aos cidadãos lá na ponta”, expressa o presidente da FECAM.

Entre os assuntos, a FECAM reforçou a importância de veiculação por parte do Estado de campanha publicitária de conscientização bem como a necessidade do apoio da Polícia Militar nas ações de fiscalização junto aos municípios. “É preciso insistir na educação e orientação das pessoas, todos nós temos essa responsabilidade e a identificação dos positivados, o monitoramento e a rastreabilidade de contato”, reforçou o secretário.

O secretário adiantou o interesse do Estado em ir normatizando e regulamentando os setores e atividades que continuam sob a imposição de restrições mais rígidas, para que aos poucos possam ser liberadas com a segurança e os cuidados necessários para a preservação da saúde da população.

Foi acertado ainda que seja levado ao Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES) a elaboração de uma Nota Explicativa sobre os motivos e os processos de avaliação a cada 14 dias da implantação das medidas na região. A aquisição de testes rápidos por parte do Estado e os procedimentos para a descentralização dos exames para laboratórios regionais do LACEN, também esteve nas discussões.

Com a decisão judicial proferida no final da tarde, que repassa ao Estado as ações a serem tomadas frente a pandemia, a FECAM acompanha os encaminhamentos e une seu Conselho Político para tratar do tema.