• Vilmar Bueno, o ESPETO

Coleta de exames de anemia infecciosa e mormo



São Bento do Sul

Na manhã desta quarta-feira (01), a Prefeitura, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, realizou a coleta para exame da doença do Mormo em equinos, juntamente com a coleta para anemia infecciosa. A realização dos exames acontece em parceria, onde o proprietário do animal paga apenas o valor do exame, ficando sob responsabilidade da secretaria os custos da coleta e do transporte do material até Mafra, em laboratório apto para os procedimentos.

A médica veterinária do município, Sandrine Gassner, explica que a doença do Mormo é contagiosa e causada por uma bactéria, podendo passar para humanos através de contatos com os cochos e bebedouros contaminados, uso comum de agulhas, esporas e encilhas. “Em humanos, a doença causa pneumonia grave. Os proprietários de equinos devem ficar atentos aos sinais, como corrimento com pus e até um pouco de sangue nos dois lados do nariz, dificuldade de respirar, emagrecimento, nódulos (caroços) espalhados pelo corpo que podem abrir e derramar pus, e inchaço de pernas ou patas”, disse.

O secretário de Agricultura e Meio Ambiente, José Erminio Grein, reforça a importância da realização dos exames. “O animal pode estar com Mormo, mas não apresentar nenhum sinal clínico, sendo descoberta apenas através do exame. Solicitamos aos proprietários dos animais para que façam os exames para a movimentação em trânsito, tanto para entrada quanto para saída nas propriedades, sendo que o objetivo é evitar a propagação dessas doenças no município. O produtor deve estar sempre com os exames dos animais em dia, sob pena de multas e outros sansões”, comentou.

A solicitação de coletas para o exame é feita a cada 60 dias e deve ser feita diretamente na Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, localizada na Rodovia dos Móveis, nº 15, bairro Oxford (trevo do Mato Preto).

Mais informações pelo telefone 3635-4234.