top of page
  • Foto do escritorVilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Por Vilmar Bueno, o Espeto

Jornalista Profissional - DRT/SC-3853

Cobranças


Os vereadores  Carla Hofmann, Jairson Sabino e Chicão, através de requerimento cobram informações sobre a questão da criação de gado no terreno da Cidasc. Carla também fez duras críticas ao secretário de agricultura, Erminio Grein, dizendo que "até parece que ele nem sabe que é secretário".


Caso Pesenti


O Vereador Luiz Pesenti - PSD, que é técnico agrícola, e que responde por uma denúncia por exercício ilegal da profissão, por realizar castração de animais, continua afirmando que "sua profissão possibilita as realização de castração, e que não é ilegal".


Mas outros


Casos de exercício ilegal de atividade privativa de médico veterinário, em outros municípios do Brasil, já resultaram inclusive em prisão. A não ser que em SC essa previsão seja diferente de todo o país. Senão vejamos:


CRMV-ES ajuíza ação contra técnico agrícola que exercia atividade privativa da Medicina Veterinária


O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Espírito Santo (CRMV-ES), cumprindo sua função precípua de, além da fiscalização do exercício profissional, orientar, supervisionar e disciplinar as atividades relativas à profissão de médico-veterinário, ajuizou uma ação de obrigação de não fazer com pedido de danos morais individuais e coletivos em face de técnico agrícola que estava realizando atividades privativas do médico-veterinário.


Técnico agrícola servidor de prefeitura que se passava por veterinário é preso no ES


Um servidor da Prefeitura de Domingos Martins, na Região Serrana no Espírito Santo, foi preso nesta quarta-feira (22) em Marechal Floriano, na mesma região, em uma operação conjunta da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Maus-Tratos da Assembleia Legislativa, da Polícia Civil e do Conselho Regional de Medicina Veterinária. Ele é suspeito de castrar animais ilegalmente.


Áreas de atuação do técnico agrícola


A Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), instituída pela Portaria nº. 397, de 9 de outubro de 2002, do Ministério do Trabalho e Emprego, tem por finalidade identificar, nomear e descrever as ocupações no mercado de trabalho brasileiro.


"O Técnico Agrícola, em suas diferentes habilitações, está descrito como o profissional apto a prestar assistência e consultoria técnica, diretamente ao produtor rural, na produção e comercialização agropecuária. Integram as suas atividades: planejar e executar projetos agropecuários, promover capacitação rural, atuar no processo da agricultura orgânica, orientar sobre os procedimentos de biosseguridade e desenvolver tecnologias adaptadas à produção rural..."


Com recursos da Câmara


O Projeto 04/2024 foi encaminhado na sexta-feira (23) com pedido para aprovação de matéria visando abertura de crédito adicional suplementar de verbas com objetivo de repassar recursos para duas entidades que trabalham diariamente oferecendo serviços que visam melhorar as condições das pessoas portadoras de necessidades especiais na cidade.


A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e a Associação de Pais e Amigos dos Autistas (AMA/Florescer), serão as entidades beneficiadas com a aprovação do projeto. O montante requerido no projeto, que chegou com pedido de tramitação em regime especial de urgência, é de R$ 191.883,82. O repasse é resultado das sobras dos recursos repassados pelo Legislativo no fim do ano de 2023, embora essa informação não conste na matéria.


3ª Agrofest


O prefeito de Papanduva, Jefinho Chupel - PSD, já divulgou um dos eventos para o aniversário da cidade, entre os dias 12, 13 e 14 de abril, acontecerá a 3ª Agrofest, em comemoração aos 70 anos do município. Ainda será divulgado o calendário oficial dos festejos.


E novamente


Os vereadores de oposição ao prefeito Jean Carlo de Monte Castelo, continuam cobrando a realização de patrolamento e ensaibramento nas estradas do interior, além das principais ruas do centro da cidade. Mas o que não se pode entender, é o prefeito insistir em não utilizar as emendas de deputados e dos vereadores, em obras e serviços para a comunidade. Até parece que ele não quer reeleger nenhum de seus aliados. Ou faz isso de birra! Enquanto isso, a comunidade continua sofrendo.



Julgamento


Nesta terça-feira, dia 27 de fevereiro, o TRE-SC julga o pedido de cassação do mandato do deputado federal Fábio Schiochet (União Brasil). A primeira ação é do suplente do partido de Schiochet, Ricardo Alba. O primeiro suplente do PL, Coronel Armando, também entrou com ação semelhante. A justificativa é um suposto abuso de poder econômico na campanha de Schiochet nas eleições de 2022, quando ele se reelegeu para o cargo.

Opmerkingen


bottom of page