top of page
  • Foto do escritorVilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Pensamento...

Mas eu...Eu prefiro falar das flores, das rosas, dos jasmins, dos lírios, das margaridas, das hortênsias, das orquídeas... Falo porque respiro flores, vivo flores, durmo flores e amanheço flores. Não intimido o meu jardim. Não vistes?! Estou regando flores por dentro.


Mas infelizmente

Tenho que falar de política e de politiqueiro, principalmente daqueles que perdem e não reconhecem a derrota. Mas pelo andar da carruagem, desculpem o trocadilho, os caminhões não bloqueiam mais as estradas em SC e aqui em SBS, pois resolveram voltar ao trabalho.


Já que

Fábricas de direita ou de esquerda, se fecharem, deixa bolsonaristas e lulistas, desempregados. E isso é ruim para toda a economia.


E se realmente

Tivesse uma prova de erros nos resultados das urnas, os generais tinham saído de suas casernas, depois das manifestações em frente dos quarteis.


É vida que segue...

E aqui na Câmara de Vereadores de São Bento do Sul, os vereadores devem votar a cassação ou não do vereador Ângelo Peschiski – MDB. Ele diz que mesmo que seja cassado, acredita que na justiça vai ser absolvido. “E depois que eu voltar muitos irão pagar caro por tudo isso”, profetiza.


Essa

Câmara poderia ter entrado na história positivamente, mas vai deixar uma imagem arranhada.


E falando

Em Câmara, a eleição que vai escolher o próximo ou próxim​a​ presidente, pelo que corre nos corredores, é o seguinte: Chicão diz que não retira sua candidatura, Zuleica também não, por que vai ganhar mais. Já Hélio diz que vai ser presidente, com ​a ​oposição ou sem ela. Na minha opinião Hélio leva.


Mas

Tudo isso já poderia estar resolvido, se acaso o prefeito Tomazini soubesse fazer política, coisa que nem os mais chegados não acreditam.


E ali

No Aconchego da Serra, o prefeito Caio Treml – PL, vai tirar 30 dias de férias, e depois emenda com as férias coletivas. Ele merece​, pois tabalhou muito.


E aqui

Na Terra dos Móveis da Música e do Folclore, o prefeito Tomazini, só vai tirar 10 dias de férias, pelo jeito não quer deixar a caneta para o vice. Vai que ele gosta...


E no

Paraíso da Serra alguns comandados da prefeita Alice Grosskopf – MDB, parece que não gostam de serem mandados por uma mulher. Eita machismo.

bottom of page