top of page
  • Foto do escritorVilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

O dia seguinte

O resultado das eleições para São Bento do Sul e região, demonstrou o que já era esperado. Os nove candidatos a deputado estadual como se tivessem entrado num tubo de ensaio de um laboratório político, esperando um resultado que os levassem aos braços do eleitor, como sendo o passaporte mágico para disputar às prefeituras em 2024.


Mas

Não deu certo, e o resultado de toda essa sandice, foi que a região vai continuar sem representantes na Alesc e governos estadual e federal.

Uma surpresa

Foi a votação do ex-prefeito de São Bento do Sul, Magno Bollmann, que praticamente repetiu a votação de 2020. Até eu errei feio minhas previsões.

A direção

Do PP pgressista de São Bento do Sul, deve estar arrependido por não dar o apoio ao 'veinho' Magno. Pois se ele tivesse colado em Silvio Dreveck, poderia ter chegado a pelo menos 15 mil votos.

Outros

Resultados foi a votação de Júlio Ronconi em Rio Negrinho, uma decepção. Sem falar que quase empatou com o vice Pablo Enfermeiro, vice do prefeito Caio Treml.


Fim de carreira

As famílias Amin e Bornhausen, devem pendurar as chuteiras. Angela e João Amin, não se reelegeram.

Fim de carreira II

Já Paulinho Bornhausen, também não conseguiu se eleger.

bottom of page