top of page
  • Foto do escritorVilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política



Cassação E por seis votos a quatro, os vereadores de São Bento do Sul, aprovaram o requerimento da CPI que pede a continuidade das investigações cujo relatório poderá apontar a cassação do vereador Jairson Sabino – PSDB. Cassação II Votaram pela continuidade, os vereadores Carla Hofmann – PSD, Luiz Pesenti – PSD, Seu Gugu – PSDB, Dr. Darlan – Cidadania e Ângelo Peschiski – MDB. E contra os vereadores Chicão – PP, Zuleica – PP, Hélio Alves – UB e Paulo Zwiefka – UB. Cassação III A comissão de investigação ficou definida com o vereador Adriano Reinhardt - PP como presidente, Dr. Darlan - Cidadania como relator e Hélio Alves - UB como membro da Comissão. Cassação IV Agora eles terão o prazo de 90 dias para apresentar o relatório. E para que aconteça a cassação, serão necessários 2/3 dos votos, ou seja, sete vereadores. Cassação V Já o vereador Sabino, por sua vez, resumiu a situação dizendo que - “Hoje escrevemos aqui nessa Câmara de Vereadores, e vai ficar para a história uma página negra e vergonhosa. Assistimos aqui vereadores da base de governo rasgando o Regimento Interno, rasgando as leis, se lixando pra ética, pra moral, pra decência e pra verdade. É uma vergonha isso que aconteceu aqui hoje”, disse o vereador. Cassação VI O que se pode avaliar de antemão, se persistir essa votação, ou seja de 6 X 4, na hora de votar o relatório, que por ventura, venha pedir sua cassação, não configura os 2/3, ou seja os 7 vereadores necessários para confirmar a cassação. Cassação VII Sem falar que os quatro que votaram contra, sustentam que nem a justiça ainda condenou o vereador, cujos fatos apontados na denúncia são fracos e não foram cometidos como vereador e sim como secretário de obras. Confirmado Décio Lima Mais uma importante etapa na manutenção da unidade da Frente Democrática foi consolidada ontem, com a oficialização da indicação do ex-deputado federal e prefeito de Blumenau, Décio Lima - PT, como pré-candidato ao governo de Santa Catarina nas eleições de 2022. Confirmado Décio Lima A chapa majoritária tem ajustes que continuarão sendo tratados como a definição dos nomes a vice, ao Senado e suplente pelos partidos da Frente Democrática. Ficou acertado que haverá uma reunião entre os pré-candidatos Dário Berger (PSB), Jorge Boeira (PDT), Gelson Merisio (Solidariedade), Afrânio Boppré (PSOL), nomes indicados a compor a majoritária, nos próximos dias, para definir as indicações.


bottom of page