top of page
  • Foto do escritorVilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Visitinha

O governador Carlos Moisés – Republicanos, faz hoje pela manhã uma visita técnica no Hospital Sagrada Família, acompanhado do secretário de saúde.



Visitinha II

Uma sugestão: ele poderia ligar para o presidente Bolsonaro – PL, e pedir para liberar as parcelas para dar continuidade às obras de ampliação da maternidade do hospital.


Visitinha III

Por que em São Bento do Sul e região, ainda não tem nenhuma placa – “Aqui tem trabalho”, já que não tem nenhuma grande obra, apenas a promessa do show do milhão. Então essa visitinha em obras, vai ficar mesmo para depois da eleição, claro, se ele se reeleger.


Visitinha IV

Já ali no aconchego da serra, Moisés também faz visitinha na Fundação Hospitalar de Rio Negrinho. Bom, mas lá vai assinar um repasse de R$ 5 milhões em convênios para reforma e ampliação da unidade. Bem como, vai anunciar recursos para ampliação e reforma da EMEB Professor Pedro Henrique Berkenbrock, no valor de R$ 1 milhão.



Desistiu

Como era esperado, a advogada e presidente do MDB de São Bento do Sul, Luiza Mallon, desistiu de concorrer a uma vaga na Alesc. Deixando livre o caminho para a correligionária e vereadora de Rio Negrinho, Flávia Vicente. Um passo acertado, pois 2024 é logo ali e Luiza poderá ser uma boa opção para tentar chegar na prefeitura.


Dupla

A respeito de 2024, ontem ouvi um político com grande experiência em São Bento do Sul, onde defende que o ex-vereador Luiz Sieves – PDS, poderia ser uma opção para a prefeitura. Olha, numa dobradinha com Luiza Mallon, uma dupla de respeito.



Esse mesmo

Experiente político, também deu um pitaco no governo de Tomazini. Dizendo que ele não é um homem ruim, tem bons e grandes projetos para a cidade, mas vem pecando igual os demais prefeitos, ou seja, a nomeação de gente sem experiência e principalmente incompetentes. É meu amigo, mas vá colocar isso na sua cabeça...


PP

O senador Esperidião Amin, continua percorrendo o Estado, acompanhado do deputado Silvio Dreveck, para saber se o 11 vai mesmo estar na urna eletrônica. Ontem foi a vez de Itajaí, hoje vai para o Oeste. Só não divulga o que os filiados estão dizendo sobre isso.


Falando

Em partidos, em SC tirando os de esquerda, algumas lideranças do PSDB, MDB, Podemos, PSD e até o PP, estão divinamente loucos para acompanhar Moisés.

bottom of page