top of page
  • Foto do escritorVilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Alerta

A vereadora e presidente da Câmara de São Bento do Sul, Carla Hofmann – PSD, durante pronunciamento na sessão de ontem, alertou sobre as famílias de baixa renda, que passam por dificuldades para compra de alimentação. “Inclusive existem crianças que faltam às aulas por estarem com fome”, lamentou.


A vereadora

Ainda ressaltou que São Bento do Sul, que como uma cidade pujante não pode assistir esse tipo de situação. O recado foi para a assistência social.


Mais

Infraestrutura nos futuros loteamentos, como postos de saúde escola, transporte coletivo e segurança. Foi o que defende a vereadora Carla. Mas para a vereadora, nos próximos projetos de loteamentos, que sejam cinco ou dez moradias, em local onde já existam estas infraestruturas.

No primeiro

Discurso na Câmara o suplente Rodrigo Vargas – PP, não fugiu ao que sempre defende, o esporte. Mas também informou que esteve em varias secretarias e órgãos da administração. Bem como, apresentou indicações.



Falando em

São Bento do Sul, o vereador Dr. Darlan – Cidadania, fez um relato sobre a decadência e o atraso no setor de saúde. Mas não é somente isso, a cidade que já foi polo de desenvolvimento, hoje está ficando para traz em todos os setores.


Tão decadênte

Que fazem uma lombada e tiram fotos com oitos servidores, como se fosse a construção de uma escola ou hospital. É o fim da picada!


O MDB

Novamente não terá o 15 na urna eletrônica, depois que o partido indicou Antídio Lunelli como vice de Carlos Moisés.

No seu

Discurso, Antídio disse – “O meu sonho e do MDB de voltar a ser protagonista não acabou, ficou para 2026”, disse sendo aplaudido”. Protagonista onde.

Mauro Mariani

Estava certo, como também estava certo quando Pinho Moreira foi vice de Raimundo Colombo. O partido nas últimas três eleições, foi a reboque de nomeações e acertos para deputados e seus apadrinhados.


E vindo

De um dos maiores articuladores políticos de SC, Jorge Bornhausen não descansa. Aos 84 anos, o ex-governador, ex-senador e ex-ministro, continua no jogo para viabilizar alternativas de poder no Estado e no país. “O brasileiro quer ter esperança”, disse JKB, que considera o governador Carlos Moisés – Republicanos) “incapaz” e o presidente Jair Bolsonaro (PL) “alguém que não tem o mínimo equilíbrio mental necessário”. Citação feita em junho de 2021. Será que ele vai acertar na mosca.

Comments


bottom of page