• Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Energia Ontem as discussões na sessão da Câmara de São Bento foram elétricas, sobre as proibições pelo Ministério Público, para ligações de energia elétrica pela Celesc, em áreas de Áreas de Preservação Permanente - APP.

Energia II Também foi aprovado o projeto de lei, que autoriza por enquanto não forem feitos o georreferenciamento e o plano diretor.

Energia III Mas aí que começaram as discussões – pois para os proprietários conseguirem essas ligações, precisam de um laudo – ART, assinado por um geólogo. E para o vereador Paulo Zwiefka - UB, esse custo, que não será barato, a prefeitura teria jogado para o proprietário.

Energia IV Os vereadores Carla Hofmann – PSD e Chicão – PP, rebateu Zwiefka, dizendo que essa lei é provisória, até que seja feito o georreferenciamento, e depois é possível revogá-la.

Agora Aqui entre nós pobres contribuintes – já estava mais do que na hora de a prefeitura contratar um geólogo. As secretarias de planejamento, obras e a Defesa Civil, sempre precisam desse profissional, e aí recorrem a morosa Amunesc.

E ainda Lembrando que foi exatamente o vereador Sabino – PSDB, junto com o então vereador Fernando Mallon – MDB, entre outros, que não aprovaram a realização do georreferenciamento, na gestão passada. Naquela época o custo seria de R$ 5 milhões, hoje deve passar de R$ 8 milhões, e vai levar um ano para ficar pronto.

Caso Peschiski E ontem a advogada e presidente do MDB, Luiza Mallon, apresentou um pedido de cassação do vereador Ângelo Peschiski – MDB. Agora a Câmara terá 90 dias para apresentar o relatório, caso seja aceito o pedido.

Perguntar não ofende Será que quando o pai de Luiza, o ex-prefeito Fernando Mallon, foi condenado a 10 anos e seis meses de prisão, por suposta fraude em licitação (terceirização de serviços para a educação), Luiza também pediria a cassação e a expulsão do pai do glorioso MDB velho de guerra. Claro, que isso é só uma lembrança, já que Mallon, se defende dessa condenação, a qual foi diminuída para 2/3 da pena. Cuja sentença ainda não foi aplicada.


PSD

A presidente da Câmara, vereadora Carla Hofmann, continua trabalhando para ampliar a força política do PSD - na manhã de segunda-feira, com a presença do deputado federal, Darci de Matos - PDS, filiou Adir Hofmann, uma importante liderança do Bairro da Urca. Nos próximos dias deve anunciar novas filiaçoes.

Enquanto O senador Jorginho Mello – PL, e pré-candidato a governador, passou pela região do Planalto Norte, trazendo alguns trocados e falando mal do governador.

Ontem Foi a vez do governador Carlos Moisés – Rep, que anunciou em Mafra, o repasse de mais de R$ 100 milhões. Dos recursos, R$ 40,6 milhões serão para ampliação do Hospital São Vicente de Paulo. Foram garantidos ainda investimentos nas áreas de saneamento, energia para o campo, infraestrutura e Defesa Civil.