BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Homenagem

Acontece hoje uma homenagem ao empresário Host Maul, pela Assembleia Legislativa, onde será concedida a Comenda Catarinense. A proposição foi feita pelo deputado Milton Hobus.


PSD

O PSD do ex-governador Raimundo Colombo, realizou encontro na sexta-feira, em Rio Negrinho, sob o comando do presidente e vereador Ronei Lovemberger. Na ocasião marcaram presença os deputados Milton Hobus, presidente do partido e o do deputado federal, Darci de Matos. Na pauta, eleição de 2020 e 2022.


PSD II

Ainda bem que os nobres deputados Darci e Milton, não falaram que a nossa região está abandonada, pois isso nós sabemos, e boa parte dos anos pelo próprio PSD de Colombo, e mais um tanto pelo MDB.


Para poucos

Em 2020 acredito que somente dois ou três partido poderão eleger vereador, entre ele o PP, MDB e PSDB, os demais terão que conseguir 15 bons nomes e ainda que pelo menos 10 consigam fazer 500 votos em média, para eleger um vereador. Tarefa difícil, já que acabaram as coligações nas proporcionais.


Recursos

Dois fatos positivos na semana passada, a liberação de emenda do ex-deputado Silvio Dreveck, no valor de R$ milhões, para a construção da UPA no antigo condomínio empresarial, e a retomada das obras da Praça Getúlio Vargas. Resta saber se no caso da UPA, vai dar temo até 2020.


PSL

Segundo certidão emitida pela Justiça Eleitoral às 12h18min de quinta-feira, 21, o diretório provisório do PSL catarinense agora está assim composto: deputado Fábio Schiochet na presidência, com o empresário tubaronense e pré-candidato a prefeito, Luciano Menezes, na vice-presidência. O secretário da Casa Civil, que era do PP e estava sem partido, Douglas Borba, assumiu como secretário-geral. Dois dos seis deputados estaduais eleitos aparecem na composição. Ricardo Alba é o primeiro-secretário e o coronel Mocellin é vogal.


PSL II

Sinal inequívoco de que eles vão permanecer na sigla. Os outros quatro, no momento oportuno, seguirão para outro endereço, muito provavelmente o partido de Jair Bolsonaro. Em relação aos federais, somente Schiochet segue no PSL. Os outros três também estão fechados com a família presidencial e seu projeto. Alba e Mocellin são pré-candidatos a prefeito de Blumenau e Itajaí. Tudo isso com as bênçãos do governador Moisés da Silva. Eis o novo do “novo’,o comando do PSL catarinense um ano depois das eleições.


Novo partido

Segundo um pessoa ligada ao ex-deputado federal Paulo Bauer confessou qual o seu projeto político: deverá cancelar filiação no PSDB e se inscrever no Aliança pelo Brasil, novo partido do presidente Bolsonaro, desde que o novo partido seja criado até março pelo Tribunal Superior. E também pretende concorrer à prefeitura de Joinville em 2020. É bem assim ou fica com o chefe ou perde o carguinho.