• Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Baixa

A saída do secretário de Planejamento, engenheiro Cássio Zschoeper, titular da pasta, nesta quinta-feira, acendeu uma luz amarela, no governo de Tomazini e Tirso.


Baixa II

Outra exoneração, a da Diretora de Planejamento Estratégico Urbano. Schéliga Monia Foitt Poltronieri, também na mesma semana, acendeu outra luz amarela.


Baixa III

O que falta ser explicado, é o porquê dessas exonerações. No caso de Schéliga, - foi mesmo por ela ter cobrado a promessa de Tomazini em reajustar o salário da classe, ou ela bateu de frente com o chefe, devido a alguma discordância interna, ou sobre algum projeto. São muitas perguntas a serem respondidas!


Baixa IV

Nos corredores da sede da prefeitura, o que tem chamado a atenção, é de que seria sobre um suposto contrato, que ainda precisa da assinatura do secretário de planejamento. E que pode, nesse caso acender a luz do Tribunal de Contas. É esperar para conferir!


Bastidores

Dão conta que tanto o secretário de obras, vereador licenciado, Jairson Sabino – PSDB, como a secretária de saúde, Carmen Binotto, não serão mais exonerados. Aí vai outra perguntinha, que não quer calar. Estaria o prefeito tucano, com o “rabito” preso...É esperar para conferir!


Bastidores II

Outro ti-ti-ti, que estou ouvindo nos corredores da prefeitura e da Câmara, é que o apoio tranquilo que Tomazini tem de sobra hoje, poderá minguar, se ele não cumprir as muitas promessas que fez. Pelo jeito, já existe um furo no ninho tucano, e muitos irão cair por esse buraco, ou então voar para outras “árvores”.


Bastidores III

No caso da vereadora e presidente da Câmara, Carla Hofmann – PSD, que tem apoiado de corpo e alma o governo de Tomazini e Tirso, ela pelo seu lado, tem feito e muito bem a sua parte. Somente em recursos intermediados por ela, junto a deputados, ministérios e secretarias de estado, que já somam mais de R$ 6 milhões, é a prova viva da sua fidelidade ao governo.