• Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Super Creche

Como já aconteceu aqui em São Bento do Sul, quando a vereadora Carla Hofmann – PSD, solicitou ao deputado federal Darci de Matos – PSD, no dia 04 de junho de 2021, os recursos no valor de R$ 3,5 milhões, para a construção de uma super creche. Isso aconteceu onde este colunista também esteve presente, além dos vereadores, Luiz Pesenti, Terezinha Dybas, e o secretário Josias Terres. Além do pedido da creche, também foram tratados de vários outros assuntos.


Super Creche II

Também em Papanduva, a vereadora Sandra Silva – PSD, também no primeiro semestre de 2021, solicitou por intermédio de Darci de Matos, uma emenda parlamentar, de R$ 3,5 milhões, para a construção de uma Super Creche. O Projeto Proinfância Tipo 1, será executado no Bairro São Cristóvão e terá capacidade para atender até 376 alunos. O prefeito Luiz Henrique Saliba – PP, fez questão de gravar vídeo junto com a vereadora, e o vice-prefeito, Jaime Iankoski – PSD, agradecendo pelo benefício recebido. As coisas só acontecem quando os ‘verdadeiros’ interessados, se unem em prol do desenvolvimento da comunidade.


Mais investimentos

E ontem o secretário de educação de São Bento do Sul, Josias Terres, recebeu a notícia de que a secretaria recebeu o valor de R$1,6 milhão do Governo Federal via sistema PAR - Plano de Ações Articuladas, para investimento em material didático.


Mais investimentos II

Os recursos foram intermediados pelo vereador Profº Magrão – PSDB. Para o vereador, "a educação está de parabéns mais uma vez pela dedicação e ações que são desenvolvidas. Fico muito honrado em fazer parte deste importante investimento, que só aconteceu depois das várias visitas à Florianópolis e intervenções junto ao Governo Federal e Estadual, ressaltou Magrão. Ele também aproveitou para enaltecer o apoio do Deputado Vicente Caropreso – PSDB.


#TBT - Parece a lua

Há exatos um ano, escrevi a seguinte nota – Parece a lua - A Rua José Grossl, em menos de 30 dias, virou uma paisagem da lua, cheia de buracos de uma péssima camada asfáltica. A pergunta que fica é a seguinte, onde estavam os fiscais da obra, na hora da execução. Engraçado que os asfalto no tempo do Silvio Dreveck, como por exemplo, a Avenida São Bento e a Avenida dos Imigrantes, que foram feitos há mais de vinte anos, ainda suportam o trânsito. Era milagre, ou boa administração e fiscalização.


Parece a lua II

Foram investidos nos 490 metros da referida rua, R$ 544,4 mil, sendo R$ 95,5 de contrapartida da prefeitura da prefeitura, o restante de emenda parlamentar. E hoje mesmo depois de pavimentada, a lua insiste em fazer parte da paisagem, em alguns trechos.


Imprensa

O meu amigo radialista e jornalista, Paulo Rogério Tureck, estreia no próximo dia 10, no horário entre as 06:30 e as 7:00 horas, de segunda a sexta-feira, um novo programa na Liberdade FM – (Informativo Liberdade), que terá como foco os destaques de jornais e blog, de São Bento do Sul, bem como, sobre os acontecimentos diários da região, Santa Catarina, Brasil e no Mundo. Sucesso!


Imprensa II

Lembrando apenas aos menos avisados – que a informação é a matéria-prima do trabalho do jornalista, a qual ele compreende, explica e contextualiza ao público. A imprensa é considerada essencial para as democracias e vice-versa. Por conta da relevância do trabalho jornalístico e da sua missão em levar as informações ao maior número de pessoas da forma mais compreensível possível, diz-se na área da comunicação que o jornalismo realiza um trabalho de interesse público. Principalmente, por tornar públicas e acessíveis às pessoas informações que também são de interesse público.


Portanto, a liberdade de imprensa e o direito à informação andam juntos. O Código de Ética dos Jornalistas prevê em seu primeiro artigo:


“O acesso à informação pública é um direito inerente à condição de vida em sociedade, que não pode ser impedido por nenhum tipo de interesse”; e em seu segundo artigo: “a divulgação da informação, precisa e correta, é dever dos meios de divulgação pública, independente da natureza de sua propriedade”.


A imprensa deve ser uma guardiã do direito à informação e deve ser cobrada caso não esteja cumprindo essa missão. Além do dever ético em repassá-la de maneira precisa e não permitir que interesses diversos impeçam a sua publicação. A imprensa é um meio fundamental para que a informação chegue ao público e, por isso, deve fazer seu trabalho conforme os preceitos éticos da profissão e ter em mente a relevância desse intermédio entre informação e sociedade.