• Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Uma Câmara

Um pouco repetitiva e melancólica em São Bento do Sul, enquanto vereadores liderados pela presidente Carla Hofmann – PSD, pedem a cabeça da secretária de saúde, vereadores ditos de oposição, batem em todas as sessões, no secretário de obras.


Mas esses mesmos

Vereadores que pedem a cabeça da secretária de saúde, não arriscam indicar um nome para o seu lugar. Até por quê, nem mesmo o comando tucano tem um nome que poderia aceitar essa amarga empreitada.


Mas ontem

Nos corredores da prefeitura, ouvi o nome daquele que parece ser o coringa da administração Tomazini e Tirso, o jovem e suplente de vereador Patrick Vicente. Quem sabe, será esse o nome para assumir na saúde. Já que Geraldo Weihermann, pulou fora do convite. É esperar para conferir!


E não se vê

Um vereador muito feliz e com sorriso no rosto e apresentando sugestões e projetos que ajudem a cidade. Claro, com poucas ressalvas sobre alguns projetos já apresentados. No geral pelo andar da carruagem, será uma legislação que vai aprovar novas leis que ninguém cumpre e ou a revogação de outras, que também já não cumpriam.


Descobri

O motivo por que querem a cabeça da secretária de saúde, Carmen Binotto. Ela está ouvindo os conselhos de um conselheiro de saúde, que não é visto com bons olhos dentro do comando tucano.


Falando em tucanos

Aquele pomposo tucano colorido e com bico imponente e penas esvoaçantes, que chegou ao poder, em menos de 10 meses, já parece um Peru bêbado que tem cambaleando sem rumo.


Poucas novidades

Nos partidos em São Bento do Sul, tanto no PP como no MDB, uns até guardam o livro ata, mas na hora de decidir quem manda mesmo são os de penacho nobre.


No MDB

A advogada Luiza Mallon, tem procurado dar outra cara ao partido, mas todos sabem que ela é herdeira e carrega o sobrenome do ex-prefeito Fernando Mallon. Sugiro que ela passe a usar o nome de Luiza Beckakauser Córdova.


No MDB II

Mesmo Luiza tendo buscado estruturar o partido, os nomes que busca, como Arildo Gesser, Edimar Salomon e Marco Viliczinski, já são figuras conhecidas. E se somadas a Adriane Ruzanowsky e Lírio Volpi, nada é novidade. Mas a de se reconhecer que a menina é esforçada.


Outro

Exemplo é o Podemos de Marco Antonio Jantsch e do Juiz Sérgio Moro, as duas únicas novidades apresentadas recentemente, são do ex-candidato a vereador do MDB, empresário Benedito Torquato e o líder comunitário, Andrei Padilha, mas conta ainda com o ex-vereador Nivaldo Bogo, que continua contando os votos que teve para prefeito.


Por que

Poucas e novas lideranças têm aparecido no atual cenário político, com exceção de alguns nomes. Entre elas, Carla Hofmann – PSD, Chicão e Rodrigo Vargas no PP, Dr. Darlan e Patrick Vicente no Cidadania, e ainda o herdeiro do saudoso Otair Becker, Ismar Becker, que ainda não se sabe até onde vai chegar.


Pré-candidatos

Sobre pré-candidatos a deputados, Silvio Dreveck - PP, parece que convenceu o prefeito de Papanduva, Luiz Henrique Saliba - PPP, a forma uma dobradinha - federal/estadual. Eu quero ver convencer o vovô Magno Bollmann -PP, a desistir de sua pré-candidatura.


Pré-candidatos II

Em pré-candidatos, o ex-prefeito de Rio Negrinho, Julio Ronconi - PSDB, já está na estrada e trabalhando para buscar uma vaga na Alesc. Júlio já chegou a assumir a Alesc como suplente. Mas também de Rio Negrinho, o vice Pablo Ribeiro - PL, já ensaia uma candidatura, e ainda pode contar com o presidente Jair Bolsonaro, que deve se filiar no PL.


Sem água

O Samae de Rio Negrinho informa, que devido a uma sobrecarga na casa de bombas localizada no bairro Campo Lençol que ocorreu na noite desta terça-feira (09), o Samae informa que hoje (10) os bairros Serrinha, Campo Lençol e Industrial Norte ficarão sem água durante o dia.