BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Força

Para o meu querido amigo Jorge Lemos, que continua hospitalizado por problemas de saúde. Que os espíritos de luz lhe protejam.


Jogando a toalha

Algumas lideranças do PP de São Bento do Sul, já reconhecem que será muito difícil ganhar as eleições em 2020. O tusunami Márcio Dreveck foi devastador no partido, e claro, na comunidade.


Mesmo assim

Se em São Bento do Sul tiver uns quatro candidatos, o que eu duvido, o PP ainda pode estar na disputa, até por que, tem a maior estrutura partidária.


Será!

Por enquanto, é somente balão de ensaio, de que os partidos NOVO, PSL, PSD e outros lancem candidatos a prefeito.


O resultado

Da eleição no sindicato dos servidores em São Bento do Sul, foi um recado direto para os políticos de todos os partidos, as mudanças em 2020, deve passar pela prefeitura e pela Câmara. Nessa ceifada eleitoral, somente vai se salvar aqueles políticos sérios, éticos e comprometidos com a comunidade.


Acreditando

O ex-vereador Luiz Carlos Pedrozo – PT, me falou ontem, que vai depender da prefeitura, para que seja resolvido o problema do loteamento Alto Glória. Eu particularmente, acredito que somente o próximo prefeito vai resolver esse impasse.


Destaque

O prefeito de Jooinville Udo Döhler (MDB) estará nesta quarta-feira (3) em Brasília para participar das homenagens do Ministério da Educação à Escola Municipal Adolfo Bartsch, de Pirabeiraba, que tem 440 alunos. Ganhou destaque no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) com nota 9,2, a melhor do Sul do Brasil. A escola tem como diretor o professor Fabio de Almeida Doin. O ato terá a presença do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Educação Abraham Weintraub.


Devolução

Aprovado por unanimidade no plenário durante a sessão ordinária desta terça-feira, 03, o requerimento do deputado Bruno Souza (sem partido) que solicita a devolução ou venda da residência oficial da vice-governadora, Daniela Reinehr.


Devolução II Na semana passada, a vice-governadora explicou os gastos divulgados em quase R$ 300 mil com a residência oficial. Segundo sua assessoria, as instalações destinadas ao trabalho no Centro Administrativo estariam prejudicadas devido a reformas, assim a residência oficial estava sendo utilizada para atividades oficiais e recepção de autoridades. O requerimento aprovado na ALESC pediu, também, o cronograma dessas obras de reforma e o prazo estimado de conclusão. “Nada mais justo solicitarmos o cronograma de entrega das obras.


Devolução III

A previsão de desembolso e quando pode ser vendida. Acabar com este resquício imperial. O Brasil deixou de ser império e durante a república ainda temos manias e rituais de realeza. Temos que nos tornar uma república de fato onde todos são iguais perante a lei”, ressalva o parlamentar.


Economia

Nos primeiros sete meses de mandato, o deputado Bruno Souza (sem partido) bateu a marca de R$ 748.789,96 de economia. O parlamentar renunciou a todos os benefícios que teria direito como as diárias, carro oficial, passagens, escritório parlamentar, café da ALESC, entre outros. Da verba de gabinete, gastou cerca de 1,49% disponível até agosto, cerca de R$ 4.356. “Cada real gasto aqui é um a menos pago pela sociedade. Levanto a bandeira em diminuir o impacto de nossas atividades. O meu compromisso é conter gastos. Não poderia ser diferente no nosso gabinete”, afirma o parlamentar.


Ainda o ICMS

A confusão criada pela Secretaria da Fazenda com o aumento de impostos que recai sobre toda a população foi criticada pelo deputado Valdir Cobachini (MDB) na tribuna da Alesc. Lamentou que o tal projeto não tenha chegado para revogar cancelamento de isenções de produtos de consumo popular. Pediu: “é preciso dar um fim nesta situação para não penalizar ainda mais o contribuinte catarinense”.