• Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Visita

Ontem recebi em minha casa, o meu amigo particular, Edimar Salomon. Edi cumpriu sete mandatos de vereador, foi secretário de agricultura, obras e chefia de governo e também assumiu como prefeito. No ano passado concorreu a prefeito pelo PROS. Um currículo invejável.


Visita II

Sobre seu futuro político, disse que ainda é cedo para falar, mas uma coisa é certa, não deve permanecer no PROS. Mas recebeu muitos convites de outros partidos, e para sentar na janela.


Visita III

O PROS deixou Edi navegando praticamente sozinho, e sem condições financeiras para sua campanha, cujos custos pagou do próprio bolso. Este ano até recebeu o convite para concorrer a deputado pelo PROS. Mas gentilmente respondeu com sua célebre frase – Isso é o fim da picada!


Partiu bicicleta!

O transporte coletivo urbano, deverá sofrer um reajuste a partir do dia 12, São Bento do Sul, o passe passará a custar R$ 5,25. O impacto no salário mínimo, ida e volta, custará 20% do salário. E se ainda paga aluguel, então a coisa apertou mesmo.


Partiu roça!

Já a cesta básica tem o valor de R$ 915,00. Para economizar somente se o vivente voltar para a roça. Um bom presente do dia dos pais. Apesar que se as mães não trabalhassem a coisa estaria muito mais difícil.


Gastos

A secretaria de saúde de São Bento do Sul, divulgou ontem durante a reunião do comitê de crise, os gastos com a pandemia. Foram repassados ao Hospital Sagrada Família e já empenhados este ano, R$ 2.601.722,4. Além disso, foram divulgados os valores de recursos específicos para o combate ao Covid já recebidos, sendo R$ 12.353.749,29, deste valor já foram empenhados R$ 8.756.666,33 contando 2020 e 2021 e restando um saldo de R$ 3.597.082,96. Os gastos somam pagamentos de horas extras, compras de EPI’s, pagamentos de ambulâncias terceirizadas, exames, testes, entre outros investimentos.


Vacinação

A secretaria também apresentou os números relativos à vacinação contra Covid-19 no município. São Bento conta com 41.306 pessoas maiores de 18 anos vacinadas com a primeira dose e 15.687 totalmente imunes contando com a segunda dose. “Temos o total de 64.336 pessoas maiores de 18 anos para vacinar no município.


Vacinação II

A meta do Ministério da Saúde segundo cronograma divulgado é imunizar toda a população acima dessa faixa etária até o fim de agosto. Porém, o próprio Ministério não está enviando doses suficientes ao Estado e o município também acaba sendo afetado, pois precisaríamos receber 4.852 doses por semana e estamos recebendo em média 1.800”, explicou a secretária Carmen Binotto.


Hospital

Já o diretor geral do Hospital, Oscar Fernandes, apresentou os dados atualizados do Sagrada Família. Os números apresentaram queda nos últimos dias, sendo 3 internamentos confirmados e 1 suspeito em leito de UTI por Covid-19. Os demais leitos são de pacientes com doenças diversas e, principalmente, pós-operatório. Na enfermaria estão 4 pacientes confirmados com Covid-19 e 22 com diferentes doenças, totalizando 26 leitos ocupados, dos 48 disponíveis.