• Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Emhab A Empresa Municipal de Habitação de São Bento do Sul - Emhab, deve divulgar nesta semana, a primeira lista de cadastro enviada pela Caixa, das famílias que irão receber sua casa própria no loteamento Santa Fé.

Emhab II Essa lista vai beneficiar 244 famílias, que saem do aluguel. Mas alguns critérios ainda devem ser revistos, como por exemplo, a comprovação documental de que fazem mesmo parte do cadastro único. A assistência social tem feito um trabalho exemplar na condução desses cadastros, que iniciaram há pelo menos 10 anos.

Emhab III A empresa também anunciou que em breve vai lançar os editais para a construção de dois blocos de 6 casas, na Rua Belém, na Serra Alta, cujas moradias serão construídas com recursos próprios. Desde a criação da Emhab, isso não acontecia. Após a construção os financiamentos serão feitos pela Caixa.

Emhab IV A empresa sob o comando de Adriano Cubas, pela primeira vez em sua gestão está numa calmaria com um bom trabalho realizado por todos os servidores. E claro, com isso toda a comunidade ganha.

Emhab V Outra novidade na entrega das casas do Santa Fé, previsto para novembro, será o convite aos dois ex-prefeito, Fernando Tureck e Magno Bollmann, que também contribuíram para que esse loteamento efetivamente saísse do papel.

Advogados O Ministério Público Estadual, deu um prazo para que o prefeito Tomazini, pelo menos corrija e equipare o número entre advogados comissionados (cinco) e efetivos (dois). Pois hoje a prefeitura se tornou a “república dos causídicos”.

Mamografia A fila de espera para pacientes que necessitam realizar o exame de mamografia em São Bento do Sul não se encontra mais represada. Desde a contratação dos 1.735 exames por mutirão, a Secretaria de Saúde, através do setor de TFD (Tratamento Fora do Município), já marcou 150 procedimentos médicos.

Mamografia II De acordo com Andrea de Freitas, coordenadora do setor de TFD, a fila de espera estava represada desde 2019. “Tínhamos aproximadamente 2.400 pacientes na fila. Com essa contratação os exames já estão sendo realizados desde julho”, explicou.

Escola S O município de Monte Castelo poderá ter a primeira escola pública de Santa Catarina a utilizar o método de ensino da Escola S. Um contrato de consultoria foi assinado entre a prefeitura municipal e o Sesi e a FIESC – Federação das Indústrias de Santa Catarina. O objetivo é desenvolver um projeto pedagógico para a Escola Municipal Edson Nagano, com a possibilidade de iniciar o ano letivo de 2022 com uma nova forma de ensino aos seus 427 alunos.