BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Arquivado

O vereador licenciado e secretário de obras, Jairson Sabino com o arquivamento do pedido de investigação através de uma CI, saiu fortalecido com esse resultado. Com isso fica evidenciado que o secretário teve um salvo conduto concedido por oito vereadores. Adriano Reinhardt, Angelo Ronei Pechinski, Carla Hofmann, Darlan Guliani, Luis Pesenti, Luiz Neri Pereira, o magrão, Terezinha Dybas e Zuleica Voltolini votaram pelo arquivamento do processo, e Hélio Alves e Paulo Zwiefka se abstiveram.


Arquivado II

E com esse resultado o prefeito Tomazini também ficará mais tranquilo, pois se livrou de um grande abacaxi, já que Sabino é do PSDB.


Arquivado III

Mas além da “vitória” de Sabino, quem também saiu derrotado, foi o advogado Manolo Del Olmo, pois duas advogadas vereadoras, Carla Hofmann e Terezinha Diybas, avalizaram a peça da denúncia como “fraca”, o que quer dizer quer era pobre, inconsistente e sem base.


Arquivado IV

E parece que a rede de intrigas contra o secretário, capitaneadas por alguns interessados no seu cargo, também sofreram um golpe.


Arquivado V

Mas isso não quer dizer que as atitudes autoritárias do secretário, que não consegue se relacionar com os servidores seja positiva, e isso com certeza vai continuar. Mas as investigações devem continuar através da controladoria da prefeitura e pelo Ministério Público.


Cara a cara!

E nos próximos dias o secretário de obras, deverá se fazer presente na Câmara, para juntamente com o secretário de planejamento, Cassio Zschoerper, falar da famosa pavimentação da Estrada Dona Fracisca, cujos resultado da desastrosa obra, que se arrasta dede o governo do PP.


A política dá nojo

O senador Ciro Nogueira, novo Chefe da Casa Civil, já chamou o presidente da República de fascista, preconceituoso e defendeu o ex-presidiário Lula da Silva, dizendo que foi o melhor presidente da história deste país.


A política dá nojo II

E foi além. Afirmou que não se veria numa eleição votando contra o petista, a quem encheu de elogios por seus programas de governo, uma parte considerável, sabe-se hoje, baseada em propaganda e marketing, uma das especialidades da esquerda.


A política dá nojo III

Nogueira é do Progressistas do Piauí e concedeu a tal entrevista em 2017, quando ainda pairavam dúvidas sobre a condição eleitoral do ex-presidiário. Naquela oportunidade, o Supremo Tribunal Federal (STF) o considerou inelegível. Depois do golpe branco de Edson Fachin, um dos ministros militantes de esquerda, o ex-presidiário passou a ser elegível, como num passe de mágica, menos de quatro anos após aquela definição das supremas togas.