BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Secretário X Servidor

De um lado, o servidor exige voltar a pilotar “a sua máquina”, de outro o secretário de obras, diz que o servidor deve ficar à disposição da secretaria.


Secretário X Servidor II

O servidor que estava gravando tudo de caso pensado, diz que não aceita a situação. O secretário, por sua vez, manda que o servidor se retire de sua sala.


Secretário X Servidor III

No final o servidor sai da sala, mas deixa claro, “que isso não vai ficar assim”. Agora vocês sabem por que tudo isso, por que temos um prefeito que demora tomar atitudes, e isso em vários episódios. Essa é a verdade.


Repercussão

Na Câmara o vereador Darlan – Cidadania, um dos mais coerentes dessa legislatura. Se manifestando sobre o episódio na secretaria de obras, foi muito feliz, dizendo que é necessário ouvir os dois lados. Mas ressaltou que “a Secretaria de Obras vem desenvolvendo um bom serviço”.


Zoneamento

A vereadora Carla Hofmann – PSD, durante pronunciamento na sessão de ontem, falou sobre a Lei de Zoneamento Urbano, a qual deve ser alterada para que o município possa receber investimentos na área de turismo, gerando mais empregos, renda e impostos para o município. Ela informou que já conversou com o prefeito Antonio Tomazini sobre esse tema, e que nos próximos dias deve ocorrer uma reunião entre os vereadores para verificar a possibilidade de se alterar essa Lei. Carla também parabenizou o prefeito pela contratação dos exames de mamografia, lembrando que o diagnóstico precoce é essencial para a cura do câncer, e que menos recursos são gastos quando se descobre a doença já no início.


“Burrice”

O vereador Paulo Ziwiefka – DEM, disse que liberar a prática do esporte e não liberar a venda de bebidas, “é uma burrice”. Mas aqui entre nós, o esporte não é saúde, e o álcool é prejudicial à saúde. Claro que o vereador estava falando sobre os comerciantes.


TBO é legal

A justiça decidiu que a Tarifa Básica Operacional (TBO), que foi implantada pelo Samae em São Bento do Sul, é legal. E que tarifas podem ser alteradas pelo próprio presidente do órgão.


TBO é legal II

Isso sem falar que a sua implementação visa o consumo consciente de água e proporciona uma cobrança justa e diferenciada nos serviços prestados. Só que perdeu com tudo isso, foi o então vereador Marco Redlich, que não se reelegeu, por ter defendido a TBO.


Recursos

A prefeita Alice Grosskopf – MDB, anunciou hoje pela manhã, a liberação de uma emenda parlamentar no valor de R$ 500 mil, para o setor de saúde, destinada pelo deputado federal, Carlos Chiodini – MDB.