• Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

DEM

Já circulam notícias de que o ex-governador Raimundo Colombo, poderá deixar o PSD e se filiar ao velho DEM, remanescente do velho PFL, ao qual ele já pertenceu.


PSD

A pergunta que fica é a seguinte, e o grupo de Flávio Schuhmacher, Carla Hofmann e Luiz Pesenti, poderiam seguir Colombo. Com isso o DEM de São Bento do Sul, poderia ficar com quatro vereadores, somando-se ao vereador e presidente do partido, Paulo Zwiefka e Hélio Alves. É esperar para conferir!


PSD II

Na sexta-feira, Flávio Schhmacher externou o seu desabafo no grupo do partido. Dizendo, entre outras colocações, que “...a Carla abdicou em favor de um terceiro nome e de consenso. Isso representa o interesse em manter a união, já o Ismar não abre mão de ser o presidente, além disso anunciou diretrizes definidas exclusivamente por ele, o que representa o fim do conceito sempre observado e respeitado pelo partido é que a democracia. Isso só me faz lembrar do período de campanha, marcado do início ao fim por ameaças, chantagens, desprezo e desrespeito...”.


PSD III

E continua, “...Eu, vários de vocês e as lideranças estaduais taxados de burros, incompetentes, que não sabem ler entre outras insanidades! O pior é que em 80% das ocasiões estávamos certos. O exercício de tolerância e a capacidade de controlar o grupo foi fundamental para não comprometer a eleição do legislativo que víamos como possível. A campanha da majoritária se desmanchava a cada dia apesar do esforço de nossa vice e do trabalho incansável da equipe e maioria dos vereadores....”.


PSD IV

E ainda, “...Após eleição mais dificuldades, mentiras sem pudor, fantasias de auto autopromoção, inverdades para denegrir pessoas de nosso grupo, articulações contra o partido a fim de não eleger a presidente da câmara. Sei que todos nós cometemos erros e temos oportunidade de corrigi-los, mas também aprendi que atitudes demonstram mais do que palavras. Além disso, a liderança se constrói e não se impõe..."


PSD V

E conclui, “... Como muitos aqui, também perdi a motivação em participar, essa será minha última argumentação porquanto só não enxerga aquele que não quer! Desculpe o desabafo, que Deus nos ilumine, carinhosa saudação aos membros do grupo, principalmente aos que como eu lutam por esse espaço há muito tempo, Seja lá qual o rumo que o PSD seguir que seja de progresso e prosperidade...”.


Polêmica

Na sexta-feira, um grupo de vigias da prefeitura de São Bento do Sul esteve reunido. Na pauta, a discussão sobre uma decisão que supostamente já teria sido decidida, que as escolas do município, não teriam mais vigias, e que seriam contratados guardas armados. O grupo afirmou que isso está sendo divulgado e repassado para os vigias pela secretaria de administração. Os vigias somam hoje mais de 40 servidores. Mas eu acredito que isso não pode ser verdade absoluta.


Polêmica II

Inclusive a própria vereadora e líder do prefeito, Terezinha Dybas – PSDB, fez a seguinte declaração na Câmara: “...sobre a segurança nas escolas, afirmando que a secretaria de Educação deve discutir com a comunidade para achar uma forma de evitar que tragédias como a ocorrida em Saudades ocorram. Para ela, tem que ser limitado o acesso às escolas somente aos alunos, profissionais da educação, e aos pais dos alunos”. Mas em nenhum momento Dybas falou em guardas armados.


Câncer

E o câncer levou o prefeito de São Paulo Bruno Covas-PSDB. A cidade está consternada pela sua morte prematura.


Câncer II

E em Santa Catarina o ex-senador e ex-governador e presidente de honra do MDB, Cacildo Maldaner, também luta contra um câncer. Ele encontra-se hospitalizado desde quinta-feira, em Florianópolis, em estado gravíssimo, também por um câncer. Maldaner assumiu o governo do estado com a morte de Pedro Ivo Campos em janeiro de 1990. Começou a carreira política como vereador em Maravilha, no Oeste do Estado. Foi prefeito, deputado estadual, deputado federal e senador.