BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

CIRANDA POLÍTICA

​Recursos para medicamento Os vereadores de São Bento do Sul, devem discutir e aprovar em regime de urgência o Projeto de Lei, enviado pelo prefeito Antonio Tomazini – PSDB, que prevê o repasse de R$ 120 mil para o Hospital e Maternidade Sagrada Família. Os recursos vão servir para a compra de um dos remédios que integram o conhecido “kit intubação”, para pacientes internados e sedados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Os medicamentos serão comprados através de um consórcio de hospitais do Peru. Moção de apelo Os vereadores de São Bento do Sul, aprovaram uma Moção de Apelo, junto à bancada catarinense na Câmara Federal, pela aprovação do Projeto de Lei 823/21, que institui medidas emergenciais de amparo a agricultores familiares do Brasil para mitigar os impactos socioeconômicos da emergência de saúde pública relacionada à Covid-19, que serão adotadas até 31 de dezembro de 2022. Em análise na Câmara dos Deputados, o texto foi apresentado pelo deputado Pedro Uczai (PT-SC) e toda a bancada do PT. Moção de Apelo II A proposta foi inspirada na Lei 14.048/20 (PL 735/20), que também tratava de medidas de amparo para agricultores familiares durante a pandemia e foi aprovada pelo Congresso Nacional em agosto do ano passado, mas vetada quase integralmente pelo presidente Jair Bolsonaro. A ideia dos deputados é restabelecer as medidas previstas com alguns ajustes. Está sendo proposto o Fomento Emergencial de Inclusão Produtiva Rural, destinado a agricultores familiares que se encontram em situação de pobreza e de extrema pobreza, excluídos os benefícios previdenciários rurais. Moção de apelo III Para receber o fomento, o agricultor terá de se comprometer a implantar todas as etapas de projeto simplificado de estruturação de unidade produtiva familiar, a ser elaborado por serviço de assistência técnica e extensão rural. O valor do fomento será de R$ 2,5 mil por unidade familiar e, no caso de mulher agricultora familiar, de R$ 3 mil. O valor poderá chegar a R$ 3,5 mil, caso o projeto seja de implementação de cisternas ou outras tecnologias de acesso à água. Opinião Lírio que foi um dos principais responsáveis pela indicação da vice, professora Eliane Hübl na chapa do PSD de Ismar Becker, pensa que “a Eliane deve permanecer firme na atuação política, e para isso não precisa ser a presidente do partido, mas sim o de trabalhar firme criando um grupo forte no MDB”, defendeu.​