BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

CIRANDA POLÍTICA

Saúde pede socorro

Acontece hoje a partir das 11h15, em frente ao Hospital e Maternidade Sagrada Família, em São Bento do Sul, um ato em frente à instituição (estacionamento da entrada principal). Será feito minuto de silêncio em apoio aos profissionais da saúde e em solidariedade aos familiares das vítimas da Covid-19. A ação ​vai ser​ realizada nos 295 municípios em todo o estado, com apoio do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde de Santa Catarina - COSEMS/SC.


Saúde pede socorro II

Também estarão apoiando esse ato em prol dos profissionais de saúde e os familiares de pacientes com Covid, e aqueles que perderam a vida devido essa grave doença, as igrejas tocar​ão​ seus sinos. Uma ambulância em frente ao centro de atendimento ao Covid.


Saúde pede socorro III

O vice-prefeito Dr. Tirso – PSDB, falando ao blog, disse que a secretaria de saúde tem feito de tudo para atender as pessoas que procuram o centro de atendimento ao Covid, no Posto Primeiro de maio. Mas os profissionais já estão exaustos. Tirso também informou que mesmo profissionais de outros postos também tenham atendido os chamados para ajudar nos atendimentos, ainda está difícil atender a grande demanda dos últimos dias. “No início do ano, tínhamos apenas um médico, e hoje estão lá atendendo três médicos, e mesmo assim não conseguem atender a demanda desses últimos dias. “Sem falar que ao final do dia estão muito cansados e exaustos”, ressaltou.


Saúde pede socorro IV

O vereador Darlan Guliani – Cidadania, durante pronunciamento na Câmara, também falou sobre a Covid, lembrando que hoje a maior carência é quanto a técnicos de enfermagem e enfermeiros nos hospitais, pois, segundo o vereador, são eles que fazem o trabalho pesado nas UTIs.


Lockdown

A presidente do legislativo São-bentense, vereadora Carla Hofmann – PSD, fez críticas e alertou as autoridades, informando, segundo ela, que apenas uma empresa na cidade e que trabalha com o delivery de bebidas no município realizou mais de 40 entregas no último sábado a noite. “Creio que essas entregas foram feitas para festas clandestinas, pois ninguém vai pedir bebidas na madrugada de sábado para beber sozinho em casa”,citou. Para ela, quem mais perde com a doença são os pequenos comerciantes, tendo que fechar suas lojas nos finais de semana em que é decretado o lockdown.


Ainda os recursos da educação

A vereadora Carla Hofmann – PSD, destacou o retorno dos R$ 522 mil para a educação que seriam devolvidos ao Estado, lembrando que quando soube que o município teria que devolver a verba, entrou em contato com o deputado Silvio Dreveck -PP, onde esteve reunida com ele, buscando uma solução para esse problema. A vereadora Zuleica Voltolini – PP, também destacou o trabalho do deputado, para que esse recurso retorne para ser investidos em escolas do município.


Bastidores

Sabe que todos os dias eu recebo algumas informações, muitas delas sem nenhuma verdade. Mas ontem uma delas dava conta de que a atual secretária de saúde, Carmen Binotto, teria pedido demissão, e em seu lugar assumiria o ex-vereador e cirurgião dentista, Jaime Ferreira de Lima – PSDB. E ainda de que na próxima segunda-feira, alguns servidores da secretaria de obras, iriam cruzar os braços.


Bastidores II

E que essa paralisação seria um protesto contra a decisão do prefeito Tomazini, de cortar todas as gratificações. Realmente, um operador de patrola, que ganha pouco mais de um salário mínimo, uma gratificação de R$ de 300, seria um reforço de 30% em seu salário. Sem falar que o servidor sem esse incentivo, não vai sair de casa para trabalhar aos sábados, mesmo o secretário de obras, suplicando.


Afastada

A chefe de gabinete do prefeito Tomazini, Simone Willemann, foi afastada por 14 dias, devido ter pegado Covid. A pergunta que fica é a seguinte: a prefeitura não deveria ser desinfectada ou fechada por 14 dias também.


Cobranças

O vereador e ex-secretário de obras, Paulo Zwiefka – DEM, durante fala na Câmara, mostrou várias fotografias de calçadas sendo tomadas pelo mato e solicitou à Secretaria de Obras que faça a roçada dessas calçadas para que os pedestres tenham mais segurança. “Sei que a responsabilidade é dos proprietários, mas sendo uma questão de segurança, acredito que o pessoal da Obras possa fazer essas roçadas”, afirmou.


Data vênia!

Pelo que desenha, esse tal procurador do prefeito Tomazini, advogado Álvaro Skiba, que veio lá do Paraná, vai deixar um rastro de problemas e desgastes ao governo. Perde prazos, não fecha muito bem com servidores efetivos, e diz toda semana que vai embora e não vai. Tem coisas que saem da cabeça de certos prefeitos, que nem Deus explica...


Tapa na mesa!

E lá pelas bandas secretaria de agricultura de São Bento do Sul, alguém precisa dar uns tapas na mesa e falar mais alto. Pois pelo que circula nos bastidores, os que perderam mandam mais do que os que ganharam.​