• Vilmar Bueno, o ESPETO

CIRANDA POLÍTICA

MDB

Notícias de bastidores dão conta que o MDB de São Bento do Sul, que esteve reunido esta semana, tomou uma importante decisão sobre candidaturas à Assembleia.


MDB II

Os comandantes de alta plumagem do velho MDB de guerra, bateram o martelo sobre uma possível candidatura a deputado estadual. Afirmando que se for para apoiar alguém, terá que ser de São Bento do Sul, por ser a cidade da região com mais eleitores.


MDB III

O partido tem em seus quadros alguns nomes importantes, entre eles a ex-candidata a vice, professora e agora apresentadora de programas pela internet e rádio, Eliane Hubl, os dois ex-prefeitos médico Fernando Tureck e o advogado Fernando Mallon, e até a advogada Luiza Mallon.


MDB IV

Mas entre esses nomes, Eliane deve mesmo deixar o partido, rumando para o NOVO; Fernando Mallon, está enrolado em um processo; Luiza Mallon está no início da carreira como advogada, por isso ainda é muito cedo. Então o nome mais certo, é o do ex-prefeito Fernando Tureck. Nessa reunião ele foi consultado sobre essa possibilidade, pelo que se apurou, não disse nem sim, mas também não disse não.


Trânsito

E nem bem iniciou sua gestão e o prefeito Antonio Tomazini – PSDB, está no meio de uma polêmica sobre as mudanças no trânsito do anel central da cidade. A retirada das floreiras ao longo da rua da delegacia, também é o assunto do momento. Uns são contra e outros a favor.


Trânsito II

O que tenho ouvido pelas ruas da cidade, é de que o prefeito deveria antes dessas mudanças paliativas, contratar uma empresa para fazer um projeto arrojado para futuras mudanças.


Trânsito III

Agora uma coisa os motoristas concordam, sobre essas tartarugas espalhadas pelas ruas da cidade, devem ser revistas e muitas delas retiradas. Um dos locais fica na Rua Barão do Rio Branco, que deixa os motoristas putos da cara, pois elas dificultam a mudança de faixa, para quem se dirige sentido Condor.


Trânsito IV

Outra pergunta que ainda não quer calar, é o porquê cargas d’água o tucano da gema e especialista em trânsito, Eduardo Pscheidt, não foi nomeado para o cargo de diretor do Detru. Tem coisas que nem Freud explica e só Deus é quem sabe!


60 dias

A gestão de Tomazini e Tirso, divulgou as ações realizadas nos primeiros 60 dias de governo. A maioria das ações são resultados da continuidade do que as secretarias sempre vêm fazendo. Mas de fato, nenhum projeto arrojado e impactante foi apresentado para a comunidade. E deixar de gastar o dinheiro público, não é economia, e sim falta de planejamento.


60 dias II

Claro, que ainda é cedo para uma avaliação do eleitor, mas logo, logo, virão as cobranças mais incisivas, principalmente no setor de saúde, onde foram grandes as promessas de campanha.


60 dias III

Mas a de se ressaltar que a condução dos atendimentos para pacientes com Covid-19, feitos através do posto do primeiro de maio, tem sido elogiado. Apenas em janeiro, os quatro postos atenderam 8.801 pacientes, e a Central de Covid, mais 1.725, totalizando 10.526 atendimentos que sem os postos iriam ser feitos no Hospital e Maternidade Sagrada Família, sobrecarregando o sistema e gerando ainda mais lentidão para as consultas.


60 dias IV

Mas o que mais causa estranheza, é que no relatório enviado à imprensa, não constam os serviços e obras já realizadas pela secretaria de obras e da secretaria de educação. E olha que nessas duas secretarias muitas coisas já foram feitas.


Mais vacinas

O Governo do Estado recebe nesta quarta-feira, 10, uma nova remessa com mais 86.400 doses da Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório Sinovac. A previsão é que as doses cheguem ao aeroporto, em Florianópolis, às 8h20. De lá, elas vão para a Central Estadual de Rede de Frio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive), em São José, onde é feita conferência e organização da distribuição para as 17 unidades descentralizadas de Vigilância Epidemiológica (UDVES) das Regionais de Saúde.


Clamor

E cresce a cobranças para que os professores também sejam vacinados. Em Barra Velha, por exemplo, a prefeitura anunciou que vai vacinar. Na realidade muitos outros profissionais também merecem ser vacinados, entre eles, os motoristas de ônibus coletivos e escolares e atendentes de supermercados e lojas. É uma situação muito delicada e grave. Os municípios estão se movimentando no sentido de comprar vacinas, mas isso demora um pouco ainda.


Educação

Em assembleia organizada pelo Sinte (Sindicato dos Trabalhadores na Educação Pública Estadual de Santa Catarina) nesta segunda (8/3) os trabalhadores/as deliberaram pela paralisação das aulas presenciais e seguirão as aulas de forma online. A decisão partiu depois dos crescentes casos positivos de Covid-19 na comunidade escolar da rede pública estadual. A PGE/SC avisa que vai recorrer à justiça.


Colapso

A Secretária de saúde, Carman Binotto acompanhada pelo diretor do Hospital Sagrada Família, Renato Figueiredo, durante entrevista coletiva, falaram da situação grave que passa o setor de saúde do município. “Não me interpretem mal. Objetivo não é causar medo ou pânico na população, mas o momento é crítico. Apesar de estarmos seguindo à risca as normas, não haverá milagre se a população não colaborar”, alertou Binotto.


Colapso II

Já o diretor Renato Figueiredo explicou que conta com dez leitos de UTI adultos, dos quais quatro acolhem pacientes com Covid-19. Destacou que nos últimos sete dias todos os leitos de mantém em ocupação máxima. Já os leitos de enfermaria têm aumentado a ocupação nos últimos dias com pacientes com síndrome gripal ou em tratamento da Covid-19.


Colapso III

Renato informou que na tarde desta terça-feira 52 pacientes da macrorregião aguardavam leitos para internamento. “Estamos vivendo um colapso na saúde estadual. Infelizmente a situação é, de fato, delicada para todos. O nível de consciência e compromisso é fundamental para ajudar no combate a Pandemia”, disse. Também nesta tarde dois pacientes foram intubados na sala de emergência por não ter vaga nos leitos para o procedimento.


Rio Negrinho

A Fundação Hospitalar atendeu 122 pacientes nas últimas 24 horas, sendo 25 deles com sintomas respiratórios. Na unidade estão internados três homens e seis mulheres, uma delas entubada. (Dados divulgados ontem).