• Vilmar Bueno, o ESPETO

CIRANDA POLÍTICA

Transporte coletivo

Na sessão da Câmara de São Bento do Sul, a vereadora Carla Hofmann – PSD, levantou e questionou os problemas no sistema de transporte coletivo urbano da cidade, que já se arrastam por vários anos sem uma solução definitiva.

Transporte coletivo II

Para a vereadora, já passou da hora de se encontrar uma solução para os problemas existentes, entre eles, o grande número de pessoas nos horários de pico, “principalmente agora durante essa pandemia”, citou. Ela lembrou ainda que no início da pandemia muitos horários dos coletivos foram alterados ou suprimidos, e até hoje esses horários não estão normalizados.

Transporte coletivo III

Carla citou ainda, como exemplo os problemas enfrentados pelos alunos do Colégio Roberto Grant, que tem aula até às 22 horas, e os ônibus saem às 22:10 horas do terminal. “Os alunos precisam sair correndo do colégio para não perderem seu transporte”, frisou. Para tentar sanar esses problemas, ela informou que está agendando uma reunião com o representante da Coletivos Rainha e os vereadores.

Audiência

A vereadora Carla Hofmann, falou de seu encontro com o deputado estadual Silvio Dreveck – PP, onde na ocasião, repassou ao deputado alguns problemas que enfrenta a Defesa Civil do município. A principal é a falta de um veículo utilitário, “pois normalmente quando eles precisam agir é em locais de difícil acesso, com quedas de barreiras, de pontes, árvores, entre outros, e com o veículo que eles não conseguem chegar até esses locais”, frisou a vereadora.

Audiência II

Na mesma oportunidade, a vereadora solicitou que o deputado intervenha junto à Defesa Civil estadual para que kits de pontes de alvenarias sejam entregues à defesa civil do município, “pois com essas chuvas dos últimos meses, muitas pontes de madeira do interior do município foram danificadas, dificultando o acesso de moradores”, finalizou Carla.

Agradecimento

A vereadora Terezinha Dybas – PSDB, agradeceu ao Detru pelo estudo feito pelo órgão no estacionamento da Escola Adélia Lutz, no Cruzeiro, onde foi solicitado que o estacionamento no local fosse alterado para 45°, “porém os técnicos do Detru verificaram que se fosse retirado o estacionamento de forma paralela e implantado o de 45°, o local perderia 2 vagas. Esse estudo foi importante para podermos dar um retorno à população”, afirmou.

Abrigos de passageiros

Peschiski também informou que esteve na Secretaria de Infraestrutura, onde solicitou a implantação de alguns pontos de ônibus no bairro Mato Preto, bem como a implantação de uma rotatória na saída da Avenida dos Imigrantes. “Sobre a Imigrantes, o responsável pela SC-418 nos informou que a rotatória não é a melhor solução, e que devemos lutar por um viaduto no local”, afirmou Peschiski.

Fake News

O vereador Paulo Zwiefka – DEM, durante pronunciamento na sessão de ontem, fez um desabafo, sobre críticas que vem recebendo, através de postagens nas redes sociais, ‘onde o sujeito se esconde atrás de um computador’, criticou Zwiefka. O vereador também informou que vai registrar um Boletim de Ocorrência – BO, contra esta pessoa que

o está difamando nas redes sociais, através de um perfil falso.

Cobrança contundente

O vereador Darlan André Guliani – Cidadania, durante seu pronunciamento na palavra livre, falou sobre a necessidade de os gestores públicos nomearem pessoas técnicas para cargos de confiança. “Temos muitos amigos do rei que ocupam cargos técnicos sem conhecimento de suas funções”, destacou. Ele citou como exemplo, o problema existente na Vila Andorinha, onde em 2014 alguns moradores tiveram que abandonar suas casas pelo risco de desabamento naquele local, “e os técnicos da Defesa Civil agora baixaram o

risco, de grave para médio no local, dizendo que os moradores poderiam voltar. Mas se voltarem e houver um deslizamento naquele local, quem vai arcar com as despesas desses moradores?”, questionou o vereador.

Dança das cadeiras

Na rádio corredor na prefeitura de São Bento do Sul, a notícia mais quente é sobre as tais mudanças em algumas secretarias. Entre elas, a da administração e assessoria de governo. É esperar para conferir!