BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Casos Márcio e Ziwiefka

A partir de agora é esperar a sentença nos casos envolvendo o vice-prefeito Márcio Dreveck e o vereador Paulo Zwiefka. A comunidade aguarda com expectativa os dois casos, bem como, sobre o vereador Godoy.


Decisão

Se acaso o presidente Bolsonaro deixe o PSL, o partido em todo o Brasil, vai ficar com outros, nanicos, e sem expressão, até por que, sem coligação para vereador e sem candidato a prefeito, a situação é muito difícil.


Decisão II

Outro partido que recebeu um banho de água fria aqui em São Bento do Sul e região, o tal do NOVO, que não conseguiu filiar nem ao menos 150 pessoas. Uma prova de que ainda os grandes partidos são o mais procurados.


Decisão III

Resta saber com quem irão ficar os deputados federais de SC, e os estaduais. Sem as canetas de Bolsonaro e do governador Moisés, ficarão com meros coadjuvantes.


MDB

E no próximo sábado assume o comando do MDB em São Bento do Sul, a ex-vereadora e ex-secretária de educação, Adriane Ruzanowsky. O MDB que vem sofrendo baixas a nível de estado e Brasil, ainda pode perder o grande líder Mauro Mariani. No caso de Mariani ele continua em silêncio.


MDB II

A grande tarefa que Adriane terá no partido, será levar o partido a ter candidato a prefeito e uma nominata de vereadores, para chegar em 2020 em condições de concorrer com o PP e o PSDB.


ENIT

O evento que vai até amanhã, engloba a geração de negócios com a Feira Multissetorial, a Sessão de Negócios e conteúdos importantes e práticos para o mercado com as palestras gratuitas. A 7ª edição da Feira e Encontro de Negócios, Inovação e Tecnologia – ENIT, acontece de 15 a 17 de outubro na Promosul.


É só provar o contrário!

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Júlio Garcia, transmitiu hoje “indignação”com o indiciamento de seu nome no inquérito da Operação Alcatraz pela Policia Federal. Contestou as acusações de que teria recebido propina ou influenciado licitação realizada na Secretaria da Administração, afirmando de forma categórica que não teve qualquer participação direta ou indireta naquele processo.


Tô fora!

Sexta deputada federal mais votada em São Paulo e afastada do PDT desde julho, Tabata Amaral anunciou que entrará na Justiça contra o partido para sair da sigla e manter seu mandato. Em entrevista ao Roda Viva, da TV Cultura, nesta segunda-feira 14, Tabata diz que dará mais detalhes sobre a ação em uma coletiva de imprensa nesta terça, ao lado de outros parlamentares também punidos, incluindo membros do PSB.