BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

CIRANDA POLÍTICA

No paraíso

Em Campo Alegre, o que se houve nos bastidores é que se a prefeita Alice Grosskpf – MDB, conseguir fazer 30% do que fez o ex-prefeito Rubens Blaszkowski – PSD, em cada um de seus mandatos, já será um feito extraordinário. É esperar para conferir!


No aconchego da serra

Já em Rio Negrinho, a dupla Caio e Pablo, ambos do PL, nesses primeiros 38 dias de governo, estão tomando pé da situação. Mas logo, deve começar a governar, pois o eleitor não curte muito tempo essa lua de mel.


Na terra da música do folclore e dos móveis

Em São Bento do Sul, a gestão Tomazini e Tirso – PSDB, começaram bem, com respostas rápidas em ações em prol da comunidade. Mas precisa urgente trocar algumas peças do tabuleiro, para não levar um xeque-mate antecipado.


Lua de mel

Em São Bento do Sul, por enquanto, a lua de mel entre o legislativo e o executivo, ainda está no primeiro champanhe e em lençóis de seda, mas logo, logo, virá a conta do dono do hotel, que é o eleitor.


Não adianta

Os prefeitos nesse início de mandato, nomearam algumas pessoas que se dizem preparadas, e com currículos exemplares, vindos de universidades e da iniciativa privada, dizendo conhecerem o mundo. Com pós-graduação, especialização, e “os cambau a quatro”. Mas precisam urgentemente sair de suas mesas, e do ar condicionado, e ir ao encontro da comunidade e botar o olho-no-olho para conhecer seus problemas e anseios.


Não adianta II

Por que uma coisa é fato: formação não substitui experiência. Porém, só a experiência em certo momento profissional, também não é o suficiente. E da teoria à prática é um longo caminho, e os mandatos são apenas de quatro anos.


Em queda livre!

O MDB já comandou, em diversas oportunidades, as duas Casas Legislativas federais. Inclusive pilotando as duas concomitantemente. Em 2021, contudo, o partido apresentou nomes para os comandos da Câmara e do Senado. E perdeu as duas disputas. O resultado agora já faz parte da história: metade da bancada do MDB votou em Arthur Lira, do PP.


Em queda livre! II

Em Santa Catarina, a coisa também não anda boa para o velho MDB do saudoso Luiz Henrique da Silveira. Já se sabe que um grupo ligado ao prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli, pode migrar para o Podemos e levar junto muitos pé-vermelhos descontentes.


Queda livre III

Aqui na região somente em Campo Alegre é comandado pelo velho MDB. E a frase “volta Mauro Mariani”, não tem encontrado eco, pois ele está muito bem cuidando de seus negócios, e o mais importante, junto de sua família.