• Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Mais responsabilidades

Os vereadores antes de aprovar um projeto de lei, onde a prefeitura cede terreno para instalação de tubulação de gás, foi questionado sobre a recuperação da parte degradada, e que a empresa se responsabilize por esses consertos. Uma boa medida, pois via de regra, empresa fazer buracos, valetas e deixam tudo uma porcaria. Isso sem contar os asfaltos que em menos de um ano viram uma buraqueira sem fim.


Reclamação

O vereador Jairson Sabino, repercutiu a denúncia de uma pessoa que teve o estacionamento proibido de estacionar para levar seu filho ao médico. Disseram os servidores da saúde, que o estacionamento é dos servidores. E anda teve seu carro sem possibilidade de sair, devido aos demais servidores estacionaram atrás de seu carro. Uma verdadeira brincadeira de mal gosto.


Amunesc

Os vereadores se manifestaram a favor de que o município saia da Amunesc e se integre na Amplanorte. Isso vem sendo defendido pelo prefeito Magno Bollmann. Para o vereador Mallon, o prefeito não tem consultar ninguém, e sim levar o projeto em frente.


Comemorando

O vereador Marco Redlich, ressaltou a questão de que a Casan, em nível de estado, também vai cobrar R$ 49,00 pelo consumo mínimo até 10 m3. Já o Samae de São Bento do Sul cobra R$ 36,00 até 10 m3, pela já conhecida tarifa básica operacional – TBO, uma promessa de campanha do vereador.


Mesadinha

Se for comprovada a tal mesadinha paga ao vereador Godoy, por suposto apoio na Câmara, fica cada dia mais difícil a situação da dupla dinâmica Batman e Robin, Márcio e Godoy.


Defendendo

O vereador Redlich também voltou a defender as obras de saneamento, mesmo que tenha alguns transtornos, as obras seguem dentro do planejado, e que depois de finalizadas vem trazer mais saúde, além de mais de 17 mil metros de calçadas no anel central da cidade. E no caso da rua da delegacia, deve demorar um pouco mais.


Com o presidente

A maioria da bancada estadual do PSL começou uma série de reuniões em busca da unidade ideológica de sua atuação no Estado. Quatro dos seis deputados estão fechados com o presidente Jair Bolsonaro, independente do que venha a ocorrer no futuro.


Ops deu zebra

Donald Trump deu uma tremenda rasteira no governo de Jair Bolsonaro nessa história da entrada do Brasil na Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). O caso deve implodir o discurso de Eduardo Bolsonaro no Senado, caso ainda tente tornar-se embaixador nos EUA. Como se sabe, a suposta relação de confiança e proximidade com Trump era o trunfo do 03 na campanha pela nomeação no Senado.