BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

CIRANDA POLÍTICA

Positivo

O diretor presidente do Samae, Osvalcir Peters, manteve no cargo o competente, Paulo Schwirkowski, na chefia da Divisão de Resíduos Sólidos. Com isso a autarquia vai ter continuidade numa área muito importante para o município. Como, a coleta de lixo, reciclagem, cooperativa de catadores e, agora, também, a Usina de Processamento de Resíduos.


Silêncio

Até hoje pela manhã não recebi nada oficialmente da Defesa Civil de São Bento do Sul, sobre se aconteceu alguns deslizamentos e ou problemas nas vias no município. A única informação foi repassada pelo secretário de obras, Jaison Sabino, sobre graves problemas resultado de enxurradas, que abriu uma cratera na Dona Francisca, perto do cemitério.


Comunicação

Essa nova prática de alguns diretores e assessores do prefeito Tomazini, de informar seus atos pelo seu facebook particular, acredito que não é um bom caminho. Pois os metidos a jornalistas, colocam a sua opinião própria e até se auto elogiam, sem falar que estas informações deixam de ser oficiais e de governo. E também eu não vou ficar o dia inteiro atrás de informações no face... Tenha dó.


Comunicação II

Falando em comunicação, quero parabenizar a nomeação de Marcos Lemos e sua equipe, formada pela Vivi Vargas, Josnei Schritky e Cintia Souza. E a eles sim cabe nos informar, já que são experientes e seus releases são oficiais e sempre confiáveis.


IPTU

E a Câmara votou por unanimidade o projeto de lei do prefeito Tomazini, que passa indexar o reajuste do IPTU pelo IPCA, ou seja, este ano o reajuste vai ser de 4,38% ao invés de 23,14% se fosse pelo IGP-M. Hoje existem cerca de 40 mil carnês de IPTU.


E os demais impostos

Agora fica uma pergunta que não quer calar, todas as taxas e tarifas serão reajustadas pelo IPCA, muito bem. O correto seria não aplicar a inflação oficial do governo, pelo IPCA, órgão oficial do governo. É esperar para conferir!


Mais umas perguntinhas

A prática desse novo indexador, não seria renúncia fiscal, ou de receita, já que o índice anterior, o IGP-M, estava em vigor, e nas previsões do orçamento de 2021.

Outra perguntinha...

Também não existem os contratos vigentes de fornecedores e prestadores de serviços, que poderão sofrer prejuízos. Realmente é uma matéria muito polêmica.

Mais perguntinhas...

Os assessores jurídicos da Câmara, tiveram tempo suficiente para analisar esse projeto, para que as comissões permanentes não passem a dar carta branca, já que não tem conhecimento jurídico e nem técnico. Só estou conjecturando.


No final...

O povo foi beneficiado, e é isso que importa, pois todos os vereadores da Câmara de São Bento do Sul, inclusive a oposição, votaram por unanimidade o projeto, e se derreteram de elogios ao prefeito e sua equipe técnica. Muito bem então, parece que Tomanini tem hoje 10 vereadores a seu favor!


As prioridades do Alpestre

Nas palavras de um morador: “Temos grandes dificuldades no acesso ao posto de saúde, pois fica muito longe para as pessoas se deslocarem até o Parque Sueli, muitas delas sem transporte acabam saindo três horas da manhã, com problemas de saúde para ter acesso ao médico. Isso seria outra prioridade. A terceira seria esporte e cultura. Ficamos desassistido durante 4 anos. Seriam as prioridades desse momento.”


As prioridades do Alpestre II

Então caro prefeito, vereadores e secretários, que não passe mais 4 anos, sem dar atenção a esses moradores. Pois tenho assistindo, há mais de 16 anos, promessas de vereadores e prefeitos, que somente aparecem lá para pedir o voto, depois somem olimpicamente. Tenham brios, e vergonha na cara.