BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

CIRANDA POLÍTICA

PSD

O ex-candidato a prefeito Ismar Becker, enviou as seguintes notas aos companheiros de partido. “Caros colegas do PSD de São Bento, no momento oportuno manifestarei sobre as decisões, que julgo movidas unicamente por interesses pessoais, em apoiar a uma proposta de governo que a esmagadora maioria dos 9.946 eleitores que rejeitaram.”


PSD II

“Esta maioria não apoia um prefeito demitido do serviço público por não cumprir horário de trabalho e por falsidade ideológica. Também não apoiamos a continuidade da pratica de trocar cargos na administração pública por apoio incondicional.”


PSD III

“Com relação a manifestação da vereadora eleita, Carla Hoffmann, ela tem todo o direito de falar dos mais de 800 votos que teve. Com relação aos 9.946 que a chapa majoritária teve, quase o dobro dos votos dos vereadores do PSD, pediria a gentileza que ela não usasse capital político alheio na sua campanha para a presidência da Câmara.


PSD IV

Sobre essas declarações de Ismar, a vereadora eleita Carla Hofmann, informou que, “as decisões do partido foram tomadas em grupo, com apoio da executiva, dos vereadores eleitos e das lideranças estaduais”.


Equipe

Notícias de bastidores dão conta que mais alguns nomes foram convidados pelo prefeito eleito, Dr. Tomazini, para compor a equipe de governo. Entre eles o da professora Ju Dreschler, que concorreu a vereadora pelo Cidadania. Ela foi convidada para assumia a diretoria administrativa da secretaria de educação.


Equipe II

Para o RH foi convidado Ederval José Neidert, que já foi diretor do departamento de Recurso Humanos, no governo de Fernando Tureck – MDB, e convidado para o mesmo cargo.


Repercussão

Ainda é grande as repercussões sobre o pedido de demissão do secretário de saúde, Dr. Manuel Del Olmo. Ele inclusive postou nas redes socias, os principais motivos de seu pedido de exoneração. Confira no blogdoespeto.com.br