• Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Reforço

O ex-governador Raimundo Colombo-PSD, esteve nesta terça-feira em São Bento do Sul, onde participou de reunião com os candidatos a prefeito e vice, Ismar e Eliane, candidatos a vereador e apoiadores. Na ocasião falou aos presentes sobre campanha eleitoral, com sua vasta experiência em 11 eleições. Ainda sobre os candidatos Ismar e Eliane, destacou a experiência do empresário e da professora e gestora.


Entrevista

Antes esteve participando do Programa Palavra Livre, na Liberdade FM, respondendo perguntas do Espeto, Cezar Miranda e Paulo Rogério Tureck. Para Colombo a sociedade está passando por um aprendizado, principalmente em relação a era do celular e das redes sociais. Sobre as eleições, falou que também os resultados das urnas será um novo aprendizado, depois do tsunami do Bolsonaro.

Entrevista II

Ainda sobre a situação do governador Carlos Moisés, Colombo acredita que sua inexperiência aliada ao seu afastamento da Assembleia, foram seus maiores erros, sem falar do abandono ao presidente Bolsonaro.


Experiência

O ex-vereador do MDB, Lírio Volpi tem tido uma participação importante na campanha de Ismar e Eliane. Volpi tem se reunido com candidatos a vereador e apoiadores, mostrando toda sua experiencia de quatro mandatos. A grande pergunta que fica é se os coordenadores da campanha também aproveitam suas sugestões.


Verdadeiro

O candidato Ismar Becker – PSD, tem dito que mesmo que às vezes algumas pessoas fiquem preocupadas, ele prefere sempre falar a verdade. “E não inventar e mentir como vem acontecendo com seus adversários”, alfinetou.


Provisório

O médico Dr. Tomazini – PSDB, que concorre a eleição para prefeito, foi reintegrado pela justiça ao cargo de médico da prefeitura, bem como, tendo seu pedido de aposentadoria encaminhado para a comissão do Ipresbs.


Provisório II

Mas a decisão é provisória, portanto, ainda será julgado o mérito na ação judicial, sobre a sentença da comissão de inquérito administrativo, que o exonerou do cargo e aplicou uma multa de mais de R$ 300 mil, por não ter cumprido o horário como servidor. Mesmo assim, Tomazini diz que ‘a justiça está sendo feita’. É esperar para conferir!


Derrota devastadora

O Plenário da Assembleia Legislativa de Santa Catarina autorizou, na sessão desta terça-feira (20), a instauração de um segundo processo de impeachment contra o governador Carlos Moisés da Silva (PSL). A medida está prevista no Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 11/2020, aprovado com 36 votos favoráveis, dois contrários, uma ausência e uma abstenção.


Reação

A líder do Governo na Alesc, deputada Paulinha (PDT), afirmou estar com vergonha do comportamento da Assembleia nos pedidos de impeachment. “Não apenas por levar isso tão longe, por achar que estamos prestando um desserviço, mas pela pressa, pelo flagrante uso do regimento para o benefício daqueles que querem o afastamento do governador”, disse a deputada.