• Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Perderam

A ação popular dos vereadores e advogados César Godoy e Fernando Mallon, contra a promotora de justiça, Elaine Rita Auerbach e o seu irmão André Auerbach, pelo motivo de seu irmão estudante de direito à época, ter sido convidado pela irmã promotora para assessorá-la, foi julgada improcedente, pelo juiz Marcus Alexsander Dexheimer. Na ação os advogados alegavam ilegalidade do ato.

Os efeitos somente terá seus efeitos após ser confirmado pelo Tribunal de Justiça. Senão vejamos: “...Nesse sentido, colaciono o pacífico entendimento do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, mutatis mutandis: Ausentes os pressupostos de ilegalidade, visto sob o plano formal de não conformação com o ordenamento jurídico, e lesividade, ou seja, ofensa direta ou indireta ao patrimônio público ou à moralidade, devesse julgar improcedente o pedido formulado em ação popular. (TJSC, Reexame Necessário n. 2013.060164-4, de Rio do Sul, rel. Des. Jaime Ramos, Quarta Câmara de Direito Público, j. 23-04-2015). Portanto, pelos fundamentos já declinados, ausente a ilegalidade do ato, bem como inexistindo a lesividade ao patrimônio público, improcede a presente ação popular. Dispositivo Pelo fundamentado, com fulcro no art. 487, inciso I, do Código de Processo Civil, JULGO IMPROCEDENTE o pedido formulado.”


Protestos

Alguns lojistas resolveram fazer um ‘grande’ protesto, fechando a Rua Jorge Lacerda, onde estão sendo realizadas obras das novas galerias fluviais, principalmente para diminuir os efeitos de alagamentos na região, e que depois ainda irão receber as obras o esgoto sanitário. Os lojistas alegam muito pó e demora na conclusão da obra.


Protestos II

Ao saber do ocorrido o secretário de planejamento, Luiz Claudio Schuves, pediu que a Polícia Militar seja rígida contra essas ações. O diretor do Detru, disse que esse tipo de protesto precisa ser informado à PM e ao Detru.


Protestos III

Bom meus amigos. Essas obras são necessárias e claro, que causam transtornos, mas a de ter paciência. São poucos dias de transtornos para depois muitos anos de tranquilidade.


O último apaga a luz

Depois do prefeito Julio Ronconi ter deixado o PSB de Rio Negrinho, desta vez foi a vez do vereador e ex-candidato a deputado estadual, Abel Hack. Os argumentos de Abel são os mesmo do Ronconi, o partido passa por diversos problemas no estado e em nível federal é de oposição ao PSL e aliado do PT. Sugiro que o partido seja alugado para o PT – ficaadica.


Em Brasília

O prefeito Magno Bollmann, acompanhados do secretário de planejamento, Luiz Claudio Schuves, estão em Brasília, onde foram buscar recursos para o setor de turismo.


Em Brasília II

Nesta terça-feira, acompanhados pelo prefeito de Rio Negrinho, Julio Ronconi, percorreram alguns gabinetes de parlamentares no Congresso Nacional no intuito de incluir algumas emendas parlamentares para o ano de 2020. Nessas visitas foram recebidos pelo deputado federal Darci de Matos.


Em Brasília III

Além disso, foram ao Palácio do Planalto, onde tivemos uma audiência marcada com um dos assessores da Casa Civil, o senador Paulo Bauer, onde solicitamos a liberação dos recursos da revitalização da Praça Getúlio Vargas, através do Ministério do Turismo, para assim a Caixa Econômica Federal autorizar o início das obras, visto que, até o momento as melhorias feitas foram realizadas com recursos da Prefeitura Municipal.


Em Brasília IV

Nesta quarta-feira continuam suas visitas na capital federal, n o Ministério da Integração Nacional e Ministério das Cidades, onde irão tratar da liberação de recursos para a Estrada Pessegueiros, no bairro Mato Preto e demais vias de nossa cidade que merecem atenção.