• Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Parabéns

A São Bento do Sul, por seus 147 anos de fundação. Conta a história que - Os imigrantes que povoaram São Bento do Sul eram oriundos de localidades na Alemanha e Áustria. Os imigrantes alemães eram originários de localidades no Sul da Alemanha, com destaque para o grupo originário da Baviera. Os austríacos eram súditos do Império Austro-húngaro eram basicamente boêmios de língua alemã, oriundos da Boêmia (Böhmerwald – atual República Tcheca). Uma das figuras mais importantes na história da cidade é Carl August Wunderwald, pioneiro agrimensor da Sociedade Colonizadora que explorou a região e concebeu a Estrada da Serra, hoje Estrada Dona Francisca.


Apostas

A partir de 2021, um novo prefeito ou o atual irão iniciar um novo mandato. E a cidade espera que a cidade possa vislumbrar novos rumos e novas vocações econômicas. Para que a cidade possa voltar a ser um polo regional.


Impeachment

Hoje a Alesc sorteia entre os nove deputados aprovados ontem, os cinco que irão compor a comissão especial mista, que vai julgar o afastamento ou não do governador Carlos Moisés e a vice Daniela Reinehr. Esses cinco deputados se juntam aos cinco desembargadores do Tribunal de Justiça.


Impeachment II

Ontem o governador resolveu contra atacar numa atitude de desespero, denunciando gastos irregulares no Detran. Mas por que somente agora depois de dois anos de mandato. Quer dizer que se não sofresse um impeachment, ficaria tudo escondidinho essas irregularidades.


Impeachment III

Esse foram os deputados escolhidos ontem na Alesc - Ada de Luca (MDB), Ana Campanholo (PSL), Fabiano da Luz (PT), Kennedy Nunes (PSD), Marcius Machado (PL), Nazareno Martins (PSB), Paulinha (PDT), Sérgio Motta (Republicanos) e Valdir Cobalchini (MDB). Destes cinco serão escolhidos para compor a lista de cinco.


Impeachment IV

Se o governador for afastado, aqui para nossa região, nada muda, pois desde que a assumiu não deu nenhuma atenção. Até esteve aqui dia destes, e prometeu uma obra que ninguém pediu. Sobre o que realmente precisamos, que são os trevos na Imigrantes e no Alpestre, disse ‘que estava no radar’. Mas parece que o radar vai sair do ar.


Análise

O líder do PL, deputado Ivan Naatz , analisou da seguinte forma o resultado expressivo da votação a favor do prosseguimento do impeachment do governador Carlos Moisés e a vice Daniela Reinehr. “Não pode governar um Estado quem não conhece a palavra governabilidade, não gosta e não prática o relacionamento democrático “, sentenciou. “Só veio a comprovar e a escancarar a realidade de um governo fragilizado por equívocos políticos e jurídicos, além de ter virado as costas para o parlamento”, resumiu.