BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Estragos

Foram grandes os estragos depois da passagem do ciclone extratropical. Muita gente teve suas casas e empresas derrubadas pelos ventos que chegaram a mais de 100 km por hora. Nossas orações e forças para que tudo volte ao normal.


Preocupação

E o coronavírus já está num total de 139 casos confirmados em São Bento do Sul. E 4 mortes. E Rio Negrinho com 56 e Campo Alegre com 5. Mas as autoridades de saúde, afirmam que o pico ainda vai acontecer em agosto.


Eleições

A Câmara Federal prorrogo ontem as datas das eleições. O primeiro turno será no dia 15 de novembro e o segundo no dia 29 de novembro.


Eleições II

As convenções podem ser feitas entre os dias 31 de agosto e 16 de setembro. Propagando eleitoral a partir do dia 29 de setembro. E as prestações de contas devem ser feitas até o dia 15 de dezembro.


Desincompatibilização

Os prazos que estiverem: a) a vencer, serão computados considerando-se a nova data de realização das eleições de 2020; b) vencidos, serão considerados preclusos, vedada a sua reabertura. Esses prazos ainda devem ser regulamentado pelo TSE.


Reprovado

Os vereadores de Rio Negrinho reprovaram o projeto que tinha como propósito pagar um salário mínimo para vereadores.

Confira como ficou a votação:

• Vereador Kbelo: Contra • Vereador Ildefonso Pilatti: Contra • Vereador Pablo Ribeiro: A Favor • Vereadora Liliana: A Favor • Vereador Billy Righetto: A Favor • Vereador Silvio Kuss: Contra • Vereador Ronei Lovemberger: A Favor • Vereador Abel Hack: Votou Contra • Vereador Luciano Alves, presidente da Câmara, seguindo o regimento interno, precisou desempatar : Contra


Nota da GAECO

GAECO de SC cumpre nove mandados da operação “Falso Negativo” deflagrada pelo Ministério Público do DF. O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) nesta manhã está cumprindo 74 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal e em 7 Estados (SP, ES, RJ, BA, GO, SC, PR), que foram deferidos pela Justiça Criminal de Brasília. Os nove mandados em SC estão sendo cumpridos em empresas e residências em Joinville, Balneário Camboriú , Navegantes e ilhota.Essas medidas decorrem de uma investigação iniciada no GAECO/MPDFT que apura ilegalidades praticadas em contratações que envolvem testes para detecção da COVID-19. De acordo com as investigações, existem fortes indícios de superfaturamento na aquisição dos insumos e ainda evidências de que marcas adquiridas seriam imprestáveis para a detecção eficiente do COVID-19 ou de baixa qualidade nessa detecção.O somatório do valor das dispensas de licitação sob investigação atinge o patamar que supera os 73 milhões de reais.