BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política



A velha política

O tucano e pré do PSDB Dr. Tomazini, contesta o resultado do processo administrativo que o condenou a devolver, R$ 332 mil, por não estar cumprindo os horários de trabalho como servidor público, inclusive pede sua demissão. Tomazini diz que isso é perseguição política por ele ser um dos prováveis candidato a prefeito.


A velha política II

De outro lado o vice-prefeito Márcio Dreveck – PP, também diz que as denúncias sobre participação nas rachadinhas foram políticas. Mas no caso do Márcio o governo de Magno Bollmann, nem um processo administrativo instaurou.


A velha política III

Na minha análise acho mesmo que está muito estranho, somente o Tomazini ter a conclusão do processo administrativo, já que pelo menos mais uma dezena de médicos também não cumpriam os horários, e alguns até preso foram e um é vereador. - Dois pesos e duas medidas - é uma expressão popular utilizada para indicar um ato injusto e desonesto, sem o uso de imparcialidade ou isenção de juízos pessoais.


Os tempos

Desde que cheguei em São Bento do Sul, já acompanhei um prefeito empresário, um administrador, um advogado, um médico e um agrônomo. Agora a pergunta que fica, vamos eleger o que, para dar certo. Pelo andar da carruagem temos agora, uma professora, um servidor público, um empresário e um médico novamente, o agrônomo para reeleição, e um comerciante. É esperar para conferir. No fundo, no fundo, nada de novo!


Enquanto isso em Brasília

O Bolsonaro, continua apoiado protestos contra a democracia e a imprensa livre. Já vi esse filme. Mas claro, para os bolsonaristas isso é tudo normal.


Enquanto isso em Florianópolis

O governador Carlos Moisés continua enrolado com o caso dos respiradores fantasmas. Sem falar que está solito e abandonados pelos deputados.


Em SC

O Governo do Estado informou ontem que há 2.519 casos confirmados de Covid-19 em Santa Catarina. O balanço foi divulgado neste domingo, 3. O novo coronavírus causou 52 óbitos no estado desde o início da pandemia.


No Brasil

O Ministério da Saúde registrou 101.147 casos de coronavírus e 7.025 mortes da doença no Brasil até as 14h deste domingo (3), segundo informações repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde de todo o país. São consideradas recuperadas após contraírem a doença 42.991 pessoas, o que representa 42,5% do total de casos confirmados. Atualmente, estão em acompanhamento outras 51.131 pessoas (50,6%) e 1.364 óbitos permanecem em investigação.


Na região de SBS

Os casos suspeitos estão quase zerados, e nenhum em estado grave e ou hospitalizado. Mas não devemos relaxar. Pois o pico ainda não aconteceu, segundo as autoridades de saúde.