BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Terceiro caso

Em São Bento do Sul foi confirmado ontem o terceiro caso de Covid-19 na cidade, trata-se de uma mulher de 33 anos. Ela teve início os sintomas no início de março, mas somente agora resolver fazer o teste. Para o secretário de saúde, Manuel Del Olmo, acredita que a doença já está estabilizada e ela não pode contagiar mais as pessoas.


Análise

O secretário Del Olmo também acredita que se todos pudessem fazer o teste, cerca de 50% das pessoas estariam infectados. Então a orientação é uma só, se proteger, usar máscaras e se possível ficar em casa.


Em Rio Negrinho

Segundo o prefeito Julio Ronconi, ontem foi registrado quatro novos casos suspeitos de coronavírus, e as equipes da Secretaria de Saúde coletaram os exames nos pacientes e encaminharam ao Lacen, que é o laboratório central de Santa Catarina. “Como os resultados estão vindo rapidamente, acreditamos que até esta terça, mais tardar até quarta-feira, já tenhamos os resultados”, ressaltou. Falta alimentação

O vereador Daguimar Nogueira – PSL, alerta para uma solução urgente, para adquirir cestas básicas para famílias que estão sem emprego neste momento de crise.


Sugestão

Na mesma questão o vereador Edimar Salomon – PROS, que já tinha sugerido que a Câmara devolvesse os recursos de sobra, que hoje estaria em torno de R$ 330 mil, para atender via assistência social essas famílias. Edimar também cobrou mais agilidade por parte das assistente sociais, para atender essas pessoas que estão passando fome.


Crime ambiental

O vereador Edimar Salomon – PROS depois de receber denúncia sobre desmatamento com cortes de arvores centenárias, em área de preservação, comunicou o crime para o departamento do meio ambiente, mas desde que fez a denúncia nada foi feito. A denúncia chegou ao Consórcio Quiriri, e até a secretaria de agricultura e nada até momento. Os fatos aconteceram no domingo.


Não relaxar

O presidente do Legislativo São-bentense, vereador Peti – PP, voltou a alertar a população sobre o Covid-19, para não relaxar os cuidados e proteção, principalmente no uso das máscaras. Mesmo assim as pessoas estão relaxado, é só ver nas ruas e também em lojas.


Trânsito

O trânsito na Rua Barão do Rio Branco, em São Bento do Sul em frente à escadaria da Igreja Matriz, e também na Rua Capitão Ernesto Nunes, até a altura da Casa Paroquial, no Centro, está parcialmente interditado nesta terça-feira (28), das 8 às 17 horas. A medida se faz necessária pois haverá serviços de recomposição das calçadas nestes locais. Pedimos atenção aos motoristas, pois o trânsito estará lento na região.


Mantida sessão virtuais

A Câmara de São Bento do Sul, manteve as sessões virtuais durante o mês de maio. A decisão foi unânime.


Queda

O setor econômico também vem sendo impactado pelos efeitos do coronavírus (Covid-19). Em Rio Negrinho, a arrecadação no período de janeiro a abril deste ano já contabiliza uma redução de quase R$ 1 milhão apenas nesse período. A área mais afetada foi a Educação, com uma redução de 18,18% no repasse de recursos do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação).


Transporte coletivo

Mesmo com a pressão de empresários o governador Carlos Moisés – PSL, não cede em autorizar o transporte coletivo, mesmo com praticamente toda a cadeia produtiva aberta e com os funcionários trabalhando. Em relação a volta das aulas presenciais, também não existe previsão.


Novas medidas

O governador Carlos Moisés assinou ontem um decreto que proíbe a demissão do professor admitido em caráter temporário (ACT) não poderá ser dispensado no período de vigência do decreto de calamidade pública editado pelo Poder Legislativo (nº 18.332), com efeitos até 31 de dezembro de 2020. A medida se aplica ao professor com contrato vigente em 20 de março de 2020.


Também

Fica proibindo o corte dos serviços de energia elétrica, água, esgoto e gás até 31 de dezembro de 2020 para todos os consumidores de Santa Catarina. O projeto de lei é de autoria dos 40 parlamentares (emenda substitutiva global).