BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Autogolpe

Parece que o presidente Bolsonaro, está dando um autogolpe em seu próprio governo. Após a demissão do diretor da PF, o ministro Sérgio Moro, ameaçou deixar o governo. Ainda hoje deveremos ter notícias. Nos bastidores é que Moro já entregou sua carta de demissão. Sem falar que demitiu também o ministro da saúde, e o diretor do Ibama da região da Amazônia.


Informações

O secretário de saúde, Manuel Del Olmo, falou ao vivo através da internet, sobre a situação do coronavírus. Em São Bento do Sul, 158 pessoas continuam sendo monitoradas, e outras 299 apresentaram apenas síndrome gripal.


Informação II

O secretário também falou que até o momento foram aplicados testes em 40 pessoas. Nos próximos dias deverá chegar o resultado. Foram recebidos 170 testes e garantia do governo que chegarão mais 120.


Informações III

Outra preocupação do secretário é quanto a dengue, que tem aumentado no estado. “Por isso não podemos negligenciar”, ressalta Del Olmo.


Informações IV

Na região, Rio Negrinho, Campo Alegre continuam sem casos novos de coronavírus. Uma boa notícias, apesar que no Brasil as mortes avançaram. De quarta (22) para esta quinta foram 3.313 novos casos, totalizando 49.497 casos em todo o País. Já o número de mortes foi para 3.313, 407 a mais que no dia anterior, e sendo assim, o maior número de mortes confirmadas em 24 horas desde o início da pandemia. Segundo dados do Ministério da Saúde, 25,3mil pessoas conseguiram se recuperar da doença no Brasil.

140 anos

Nesta sexta-feira, Rio Negrinho comemora seu aniversário de 140 anos. Em virtude da quarentena, eventos estão proibidos. Como alternativa para que a data não passe em branco, a Prefeitura de Rio Negrinho, por meio da Fundação de Cultura, promove uma live com artistas locais. O objetivo da ação é valorizar a cultura local e intercalar as apresentações artísticas com momentos históricos da cidade. “Vamos seguir essa tendência que a classe artística está promovendo neste momento e também fazer uma live, mas com nossos artistas locais”, informa o presidente da Fundação de Cultura, Adilson Figueiredo.