BLOG DO ESPETO - PRETO.png
  • Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

Positivo

O prefeito de Rio Negrinho Julio Ronconi, tomou a frente e cortou 50% do próprio salário, bem como, do vice. Os secretários terão 20% no corte e mais 50% das gratificações. Uma atitude que merece aplausos. Que os demais prefeitos e também os vereadores que sigam o exemplo, nesse momento de crise e pandemia.


Negativo

Aqui em São Bento do Sul não vi nada nesse sentido, além de nenhum membro do executivo diminuir o salário e ou doar para alguma instituição, muito menos os vereadores. Ali do paraíso da serra, não vi nada igual.


PROS

O novo partido do vereador Edimar Salomon, o PROS, já tem pelo menos 40 filiados. Também tem nos seus quadros egressos do PSL, Osvaldo Candatten e Noaldo Kautnick. E devem ter candidato a prefeito e vereador, mas não descartam uma aliança com outro partido.


DEM

O vereador Paulo Zwiefka, foi para o DEM, era esperado no PSL, mas notícias de bastidores dão conta que isso se deve por que ele poderá se aliar com o PP de Márcio Dreveck e companhia.


Candidatos

Até o momento podemos prever, que em São Bento do Sul poderemos ter pelo menos 6 candidato – Nivaldo Bogo pelo PODEMOS, Tomazini pelo PSDB, Magno Bollmann pelo PP, Ismar Becker pelo PSD, Edimar Salomon pelo PROS, o MDB com a ex-vereadora Adriane Ruzanowsky, e o PDT com Lourival Castilho. Mas eu particularmente serão no máximo 4 candidatos, os demais vão se aliar.


Os números

Em Santa Catarina chegou a 379 novos casos e 10 mortes. Aqui na região, Campo Alegre, nenhum caso, em Rio Nerginho, são 63 casos monitorados, 1 caso suspeito e 7 descartados. Em São Bento do Sul, são Casos Suspeitos: 06, - Casos Confirmados: 00, - Casos Descartados: 14, - Monitorados: 173, - Alta do monitoramento: 103.


Brasil

Casos confirmados: 11,281 Casos ativos: 10,667 Casos recuperados: 127 Casos fatais: 487


Mundo

Casos confirmados: 1,286,409 Casos ativos: 945,955 Casos recuperados: 270,098 Casos fatais: 70,356

Confira o que volta a funcionar a partir desta segunda

Art. 1º Ficam autorizadas, em todo o território catarinense, a partir de 06 de abril de 2020, a realização de atividades exercidas por:

I – profissionais autônomos/liberais de saúde, tais como médicos, médicos veterinários, fisioterapeutas, odontólogos, biomédicos, enfermeiros, psicólogos, fonoaudiólogos, farmacêuticos, nutricionistas, entre outros;

II – profissionais autônomos/liberais de interesse da saúde, tais como terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, educadores físicos, cabeleireiros, barbeiros, manicures, pedicures, depiladores, massagistas, podólogos, entre outros;

III – profissionais autônomos/liberais em geral, tais como advogados, contadores, administradores, jardineiros, limpadores de piscina, cozinheiros, faxineiras, empregados domésticos, encanadores, entre outros;

IV – clínicas, consultórios, serviços de diagnóstico por imagens, serviços de óticas, laboratórios óticos, serviços de assistência e prótese odontológica e escritórios em geral.