• Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política

UTI

Aprovado na sessão de ontem o repasse de R$ 1,3 milhão para a manutenção da UTI do Hospital e Maternidade Sagrada Família, através de convênio entre o hospital e a prefeitura/secretaria de saúde. Cujo recurso vai ser repassado em 11 parcelas. Sem essa ajuda por parte do executivo municipal se torna impossível esse importante serviço de saúde.


Prestação de contas

O vereador Daguimar Nogueira levantou questionamento sobre a prestação de contas do HMSF sobre os recursos para a UTI do exercício 2019, antes de aprovar o convênio. Mallon e Edi também concordam com essa cobrança.


Livre da cassação

Os Vereadores livram o vereador Jaime Lima - PSDB e do vereador Fernando Mallon – MDB, dos processos de cassação. No caso de Jaime foram 9 votos contra 1. Votou pelo recebimento da denúncia, somente o vereador Daguimar Nogueira. Os votos levaram em conta o parecer jurídico, que entre os argumentos, não houve falta de decoro parlamentar. Sem falar que o vereador Jaime ainda não recebeu nenhuma sentença, muito menos foi indiciado no caso dos médicos que supostamente não cumpriam os horários como servidor público. Lembrando, que havia um acordo para o horário desses médicos.


Livre da cassação II

Já no caso de Mallon a denúncia também falhou, pois também não houve falta de decoro parlamentar, a denúncia alegava que Mallon faltou com a ética como vereador, o que não houve. A denúncia falava sobre uma sentença condenatória quando ainda era prefeito, entre os anos de 2005 e 2008. Portanto, não houve essa falta de decoro. Nesse casa foram10 votos contra o recebimento da denúncia. As denúncias foram feitas pelo cidadão José Fernandes Martins. O motivo ficou caracterizado como ação unicamente política. No caso da denúncia contra o prefeito Magno Bollmann, feita pela ex-vereadora e presidente do MDB, Adriane Ruzanowsky, que também está para ser votado, não foge à regra, é um ato político.


Quer saber

Com um pedido de informações o Vereador Jairson Sabino quer descobrir quais são os 2 postos notificados pelo Procon na operação Bomba Suja. “A falta de divulgação de quais foram os postos autuados coloca em risco a credibilidade do órgão de defesa do consumidor, logo que sua função é esclarecer à população e não confundir o próprio consumidor sobre quais estabelecimentos ele pode confiar”, destacou o Vereador no pedido aprovado por todos os vereadores.


Questionamentos

O vereador questiona quais são os postos autuados e quais foram as sansões aplicadas. Sabino quer saber ainda se os postos realizarão a restituição dos valores pagos a mais do consumidor. E por fim, o vereador questiona quantas aferições o PROCON Municipal realizou nos últimos 2 anos nos postos de São Bento do Sul, em especial quanto a qualidade e quantidade de combustível que sai das bombas.


Correspondente

O empresário Ismar Becker que está em Frankfurt na Alemanha, na Feira Ambiente, posta todos os dias os acontecimentos do evento, dando um banho de informações. Esta semana, inclusive se encontrou com sua amiga, Helena Trajano uma das donas do Magazine Luiza. O estande da Oxford faz sucesso na feira.


Sugestão

Ontem ouvi em Campo Alegre, que se o vereador Raul Johanson, quer tanto ser candidato a prefeito pelo DEM, por que não procura o MDB para fazer uma coligação. Para mim isso é somente para ‘criar preço’.


Frentão!

O presidente do PP e vice prefeito de de Rio Negrinho Beto Albuquerque, defende uma frente de oposição para enfrentar o prefeito Julio Ronconi. Com isso fica claro que não vai ser fácil ‘matar’ Ronconi com um tapinha.