• Vilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Poítica

UTI

O caso dos leitos reservados para pacientes de Covid-19, em São Bento do Sul virou polêmica. Depois de quase 90 dias de tensão, cobranças e o aumento dos casos, o nosso hospital tem somente dois leitos disponível.


UTI II

Para o secretário Manuel Del Olmo, a prefeitura contratou o hospital e paga religiosamente esses serviços, inclusive a manutenção das UTIs, portanto, não tem gerenciamento nenhum sobre suas ações.


UTI III

E nós simples mortais, se não podemos cobrar nem da prefeitura e secretaria de saúde e muito menos do hospital, a melhora e aumento de UTIs, nos resta rezar. Mas pelo que se sabe, o governo do estado repassou R$ 794 mil para o hospital aplicar no combate a Covid-19.


Pelo menos

A pessoa que foi transferida para Canoinhas, não morreu de Covid-19, menos mal, mas poderia ter sido.

Eleições

Os prazos eleitorais continuam a vencer em meio a pandemia. Com a data marcada para o primeiro turno ocorrer no dia 4 de outubro desse ano, as eleições municipais viraram pauta nos últimos meses diante do cenário de pandemia e crise econômica no Brasil. A pergunta é a seguinte, vai ou não ser prorrogada.


Eleições II

Dessa forma, manter a data das eleições municipais de 2020 revela-se preocupante diante do atual panorama brasileiro, no qual a curva de contágio pelo novo corona-vírus só aumenta e as previsões de contaminados para os meses de junho e julho seguem desanimadoras para o país.


Conversas

Notícias de bastidores dão conta que dois dos principais nomes de pré a prefeito em São Bento do Sul, estiveram almoçando juntos e os acertos podem acontecer, para uma aliança.


Vereadores

Todos os pré a prefeito em São Bento do Sul, quando questionados, juram de pés juntos que já tem uma lista completa de candidatos a vereador, e que estão até sobrando nomes. Me engana que gosto!


Ninguém sabe nada

Foram 10h de depoimentos dos três principais investigados no caso dos Respiradores durante sessão da CPI que está em curso na Assembleia. Depuseram os ex-secretários Douglas Borba e Helton Zeferino; e a funcionária de carreira da Saúde estadual, Márcia Pauli. Ali todos entregaram todos, e ninguém sabia de nada. Mas a secretaria deixou claro que o negócio foi fechado com a ordem e responsabilidade do ex-secretário Helton Zeferino. E quanto ao governador, nunca sabe de nada, nem parece que é o governador.