top of page
  • Foto do escritorVilmar Bueno, o ESPETO

Chuvas vem causando mais estragos na cidade


São Bento do Sul

A situação em São Bento do Sul segue crítica por conta das chuvas que vêm afetando o município desde o final de semana. São diversas ocorrências de deslizamentos de terra no interior de Rio Natal, Sertãozinho e Rio Mandioca. As preocupações também estão com as cheias dos rios, pois segundo dados divulgados pela Defesa Civil do Estado, em quatro dias o acumulado de chuva chegou a 256mm.

De acordo com o secretário de Obras, Luiz Neri Pereira (Magrão), os maiores atendimentos estão nos deslizamentos de encostas e ruas no interior. “Estamos com quatro frentes de trabalho em parceria com a Defesa Civil e Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, para tentar, de maneira ágil, liberar o acesso dessas vias, pois há muitas pessoas isoladas e sem energia elétrica. A situação é complicada e por conta disso, pedimos que as pessoas tenham paciência, pois estamos atendendo conforme grau de urgência dos chamados”, frisou.


Pela Defesa Civil, os atendimentos seguem. Conforme o diretor Vilmar Kravec, três residências foram interditadas, sendo no bairro Rio Vermelho Povoado, Centro e 25 de Julho. “Neste primeiro momento essas famílias foram para casa de parentes, prezando pela segurança de todos. São muitas ocorrências pelo município, porém reforçamos que caso algum cidadão necessite de assistência, que nos comunique através do telefone 199”, disse Kravec.


O muro da Escola Básica Municipal Denise Harms, no bairro Cruzeiro, também acabou cedendo. A Defesa Civil interditou o local e a Secretaria de Educação já está tomando todas as providências cabíveis.


Pinheiro na rua Augusto Wunderwald - O trecho na rua Augusto Wunderwald, entre a Lavação Taió e a Enxovais D’oro, segue interditado desde a noite de terça-feira (29), onde uma araucária corre risco de cair na via.


Na manhã desta quarta-feira (30), o prefeito Antonio Tomazini esteve no local com profissionais do Consórcio Intermunicipal Quiriri e da Prefeitura para avaliar a situação. “Já solicitamos que seja feita a remoção desta árvore de maneira segura, evitando causar acidente envolvendo algum pedestre ou veículo que passe pela rua.” disse Tomazini.


No local, as equipes da Defesa Civil, Secretaria de Obras e Celesc estão retirando as terras que acabaram deslizando do barranco e, em seguida, será feita a remoção do pinheiro.


Ação solidária - O município já recebeu nesta quarta-feira alguns kits da Defesa Civil do Estado para distribuir para as pessoas atingidas pelas fortes chuvas. Porém, mesmo com este apoio, ainda existem muitas famílias com problemas em São Bento do Sul. Por conta disso, uma campanha solidária foi criada pela Prefeitura. Quem tiver colchões, cobertores, roupa de cama, produtos de limpeza e alimentos não-perecíveis pode doar, levando até a sede da Defesa Civil, que funciona no Centro Administrativo Leopoldo Zschoerper.

Todos os donativos serão encaminhados à Secretaria de Assistência Social, responsável pelo levantamento e cadastro das famílias afetadas. Quem necessita de algum tipo de ajuda pode ir aos Centros de Referência em Assistência Social (Cras) do bairro de sua abrangência para fazer o cadastro.

Até o momento, a Secretaria de Assistência Social atendeu 43 famílias, sendo 36 em Serra Alta, 3 no bairro Centenário e 4 no bairro Cruzeiro. No Cruzeiro, uma família solicitou o aluguel social.


Assessoria de Comunicação

Prefeitura de São Bento do Sul

bottom of page