• Vilmar Bueno, o ESPETO

Cartilha “Voz Única” foi entregue pela ACISBS aos candidatos a prefeito



São Bento do Sul

Numa cerimônia rápida na manhã desta quarta-feira, a direção da Associação Empresarial de São Bento do Sul – ACISBS, entregou aos candidatos a prefeito da cidade, a Cartilha Voz Única. Estiveram presentes os candidatos, Ismar Becker – PSD, Edimar Salomon – PROS, Magno Bollmann – PP, Nivaldo Bogo – PODEMOS e Tomazini – PSDB. O candidato do PT, Tadeu do Nascimento não compareceu e muito menos enviou um representante.


Na mesma oportunidade, o Núcleo de Desenvolvimento Urbano da Associação Empresarial, entregou um ofício, assinado pelo presidente, Eng. Charles Costi , que visa contribuir, viabilizar e promover melhorias urbanas e desenvolvimento na cidade, com ações alinhadas na preservação do Meio Ambiente, vem por meio desta, recomendar e apoiar as demandas já citadas pelo Concidade – Conselho da Cidade.

A cartilha reúne os principais itens em 10 áreas: Infraestrutura e mobilidade; planejamento e investimentos; atração e manutenção de empregos; segurança; educação; saúde; meio ambiente; tecnologia e inovação; gestão pública e turismo. Sugestões para os candidatos incluírem em seus planos de governo, e também para que o eleito possa conhecer as propostas para o desenvolvimento da cidade.

O presidente da associação, Julio Teixeira, falou que a associação possui hoje cerca de 500 associados, que representa pelo menos 20 mil vidas. Teixeira também destacou, que o município de São Bento do Sul tem um dos piores índices de distribuição de renda, ‘e isso precisa ser corrigido’.

O que destaca a “Voz Única”

Partindo da inquietação: O que São Bento do Sul precisa? o programa Voz Única tem o propósito de ajudar a entender as dificuldades e reais necessidades da cidade. Organizado de maneira colaborativa, com o apoio das empresas associadas e da Facisc, o programa é materializado em uma importante cartilha que é entregue a candidatos e governantes para que tudo o que foi levantado se transforme em propostas e planos de ação. Após as eleições, esse mesmo conteúdo levantado vira pauta de planejamento e reuniões com os políticos eleitos, buscando agilizar obras, melhorar a aplicação dos recursos públicos, reduzir a carga tributária, desburocratizar processos e trazer benefícios para a população são-bentense. O programa propõe o monitoramento das ações, comparando as ações do governo eleito com as necessidades levantadas na etapa inicial do diagnóstico. Ou seja, o Voz Única é uma memória interativa para que a comunidade se lembre de tudo que foi solicitado e o que ainda precisa ser feito, para que nada caia no esquecimento.