top of page
  • Foto do escritorVilmar Bueno, o ESPETO

Carro popular: governo anuncia desconto em impostos para impulsionar vendas




São Bento do Sul

O vice-presidente da República e ministro de Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, finalmente apresentou a proposta do governo Lula para facilitar o acesso dos brasileiros ao carro zero-quilômetro.


Como adiantado pela coluna, as medidas não conseguiram baixar o valor do carro para R$ 50 mil, como havia sido ventilado pelo governo, mas haverá descontos de até 10,79% em carros de até R$ 120 mil. Com isso, o valor do veículo mais barato do país, Fiat Mobi, poderá chegar perto de R$ 60 mil.

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (25), e a redução do IPI e dos PIS/Cofins vai variar entre 1,5% e 10,79% de acordo com o preço do veículo - os modelos mais barato.


Preço: carros mais acessíveis terão mais desconto, que chegará a 10,79% Eficiência energética: veículos mais eficientes, com menor nível de emissões e consumo, vão recolher menos PIS/Cofins Densidade industrial: veículos com maior percentual de componentes fabricados no Brasil também terão menor incidência de PIS/Cofins.


A redução de impostos também englobará a produção de autopeças no país. A iniciativa ainda passará pela análise do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, antes de ser implementada. "Temos responsabilidade fiscal. Fazenda pediu até 15 dias para dar seu parecer. A partir daí poderemos fazer a medida provisória", disse Alckmin. Especulava-se que o pacote de medidas.

bottom of page