top of page
  • Foto do escritorVilmar Bueno, o ESPETO

Campanha Bolso-Jorginho não pára e arrasta multidões pelo Estado



Estado

Apesar de aparecer com larga vantagem nas pesquisas de intenção de voto contra o candidato do PT, Décio Lima, no segundo turno, Jorginho Mello, candidato do Partido Liberal ao governo do Estado, não baixou a guarda e mantém o ritmo acelerado na campanha. A participação em eventos por todo o Estado, discursos inflamados em reuniões políticas e a mobilização suprapartidária mostram que o clima de ‘já ganhou’ passa longe da campanha do senador, que tem feito um apelo público pela reeleição do presidente Jair Bolsonaro. “Eu quero ser governador, mas ao lado do presidente Bolsonaro. A eleição dele é a coisa mais importante para todos. Já pensaram nós elegermos o senador, seis deputados federais, o governador e não elegermos o nosso presidente? O trabalho ficará pela metade”, alertou Jorginho. O apelo aconteceu em evento para aproximadamente 500 pessoas na noite de quarta-feira (19), em Itajaí. Também marcaram presença o senador eleito Jorge Seif, o deputado Jorge Goetten, o empresário Luciano Hang e o prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício de Oliveira. “Por isso eu peço, quem não votou, vá votar, arrume votos novos, descubra quem não foi votar no primeiro turno. O nosso futuro depende disso”, completou o candidato. “Não podemos parar. É preciso ir votar. Eu conheço os países da América Latina há mais de 30 anos. Lá a população se acomodou e a esquerda tomou conta, agora, eles estão passando fome e estão sem liberdade. Por isso, é muito importante para o futuro do país e de Santa Catarina a eleição de Jorginho Mello governador e Bolsonaro presidente”, afirmou Hang.

Fonte: Assessoria de campanha

bottom of page